Sem lutar desde outubro de 2018, quando perdeu para Khabib Nurmagomedov, Conor McGregor anunciou seu retorno ao octógono durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (24), em Moscou, na Rússia. De acordo com o irlandês, ele lutará em evento do UFC no dia 18 de janeiro, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Leia também: Lutador tira sarro de McGregor e irlandês rebate: "Conte meus dígitos bancários"

Conor McGregor
UFC/Divulgação
Conor McGregor


"Para mim, a vontade é de competir aqui em Moscou, na Rússia. Sabemos disso, é fato conhecido. Sabemos qual a luta estou procurando aqui na Mãe Rússia, o povo da Rússia merece que esta inevitável revanche seja aqui em Moscou e ela vai acontecer. Entretanto, não quero esperar por aquele cara", disse McGregor , provocando Khabib.

"Este cara é conhecido por sair de suas lutas, por ter medo de risco. Ele não assume risco, então vou ficar esperando. Gostaria de anunciar que o retorno do Notório Conor McGregor será no dia 18 de janeiro, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada", completou, sem revelar o nome de seu adversário.

MCGregor foi finalizado por Khabib
Reprodução / UFC
MCGregor foi finalizado por Khabib


"Estou no auge da minha condição física e cheguei a um acordo da data com a companhia. Quanto ao oponente, eu tenho o nome, mas no jogo em que estou, e por experiência própria, se eu fosse dar o nome a vocês, o que eu adoraria fazer, sei que o UFC viraria isso contra mim porque eles são uma empresa astuta", continuou.

Leia também: Khabib fala que se encontrar McGregor vai parar na cadeia: "Vamos brigar"

Você viu?

"Perguntem ao UFC quem é o adversário, porque eu não dou a mínima para quem ele é. No dia 18 de janeiro... o retorno do Notório Conor McGregor. Daqui a 12 semanas, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada", pontuou o irlandês.

Na coletiva, o lutador também falou sobre seus planos de 2020 e revelou estar de olho no cinturão do lutador mais casca-grossa do mundo, que será inaugurado no dia 2 de novembro, em Nova York, com luta entre Nate Diaz e Jorge Masvidal. 

"Eu quero lutar contra o vencedor de Nate Diaz e Jorge Masvidal pelo título de mais casca-grossa. Obviamente, eu tenho uma história com Nate Diaz, nós temos que fazer nossa trilogia. Veremos como isso vai correr. Sinto que Nate terá vantagem e nós faremos nossa luta de trilogia", disse.

Conor McGregor foi punido por guerra de garrafas com Nate Diaz
Divulgação
Conor McGregor foi punido por guerra de garrafas com Nate Diaz


"Depois, vou buscar a luta em Moscou e será contra o vencedor de Tony Ferguson e Khabib Nurm... Nurmagomedov. Não consigo nem dizer o nome deste cara. Ninguém liga para qual é o nome dele, mas essa é a luta que nós queremos. Queremos esta luta em Moscou, o povo de Moscou merece, povo do mundo merece que esta luta aconteça. É uma revanche inevitável.. É a revanche que virei afiado e novo. Não terei lesões, não beberei álcool, não terei influências externas e estarei inteiramente focado. Exatamente o que as pessoas merece, e que os fãs merecem e resolveremos isto de uma vez por todas", provocou.

As provocações não pararam por aí, e McGregor continuou alfinetando seu rival. "Ele tem medo da luta em Moscou por alguma razão. Não tenho certeza, ele representa a Rússia? Não estou certo de que ele represente a Rússia. Nunca vi este cara representar a Rússia na minha vida. Você já o viu levantar uma bandeira russa como um levanto uma bandeira irlandesa, com orgulho? Não vi isso nenhuma vez na vida. Ele está correndo da luta em Moscou".

Leia também: Conor McGregor dá soco em idoso que recusou seu whisky; assista

"O público quer, o povo quer, seu próprio pai quer. Ele não quer. Ele quer trazer um cara para um peso que ele nunca competiu antes, mesmo que ele mesmo quase morra bater esse peso. Ele tem medo de arriscar. Um homem que tem medo de arriscar não conquistará nada por muito tempo. Não existe longevidade na carreira dele, já que ele não assume risco algum. Seu último adversário foi um ex-peso-pena que eu nocauteei em 90 segundos. Eu nocauteei aquele cara em menos de 90 segundos e ele levou três rounds para concluir o trabalho", concluiu McGregor .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários