Tamanho do texto

O português Anri Edutidza, de 23 anos, fazia sua estreia no Grand Slam de judô, mas luta durou apenas 13 segundos e atleta foi desclassificado; veja

O segundo dia das disputas do Grand Slam de judô foi marcado por uma siituação um tanto quanto inusiada. Isso porque o judoca português Anri Egutidze, de 23 anos, fazia sua estreia na competição contra o sueco Robin Pecek quando percebeu que tinha esquecido seu celular dentro do quimono e, na primeira investida do rival, o aparelho acabou caindo.

Leia também: Atleta homossexual revela duas tentativas de suicídio após fracassar no Rio 2016

Luta de judô
Reprodução/Youtube
Judoca português é eliminado após esquecer celular no kimono


Como não é permitido que atletas lutem com qualquer objeto externo, o judoca foi punico com hansoku make, e, consequentemente, eliminado da luta, que durou apenas 13 segundos.

Leia também: Hulk Iraniano revela que fará sua estreia no MMA contra lutador brasileiro

Veja o vídeo:


Leia também: Lutador de Kickboxing morre por traumatismo craniano após evento em SP

Depois que oaparelho cai do quimono do português , o sueco pega o aparelho e mostra para o árbitro da luta. Depois, entrega para o rival e ele joga o celular para fora da área de combate. Quando percebe que será punido, o judoca   coloca as mãos na cabeça, sem acreditar.