Tamanho do texto

Adriano "Mamute" teve sua residência invadida por três homens, que renderam a família e o assassinaram na frente da esposa e filho de nove anos

Adriano Mamute, lutador de MMA
Reprodução
Adriano Mamute, lutador de MMA

O lutador Adriano Silberth Santana Siqueira, mais conhecido como Adriano Mamute, foi assassinado na madrugada desta terça-feira (3), no distrito de Outeiro, em Belém (PA). De acordo com informações do jornal Folha do Progresso , o crime aconteceu na frente da esposa e do filho do atleta e dentro da própria casa da família. Assim sendo, o caso será investigado pela Divisão de Homicídios.

Leia também: "Miss América" vence uma das lutas mais sangrentas da história do MMA; assista o vídeo

Segundo a publicação do periódico, três homens encapuzados invadiram a residência do lutador e o renderam no quarto, dando-lhe um tiro na cabeça. Os criminosos pediram os aparelhos celulares de Adriano e da esposa, mas quando estavam saindo da casa, perceberam que o atleta ainda estava vivo. Assim, voltaram e lhe deram facadas no peito.

Leia também: Lutador quase perde o olho ao ser atingido por taco de beisebol durante combate

A vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. O perito Vamilton Albuquerque, da Perícia Criminal, alegou que o crime tem características de execução. A Polícia Civil ainda afirma que Adriano Mamute não era usuário drogas, nem mesmo o era envolvido no mundo do crime e ou passava por ameaças. Além de atleta, ele era eletricista naval e tinha um emprego fixo. 

Leia também: Lutador britânico do UFC aprendeu a falar português com ajuda do Google Tradutor

Lutas

De acordo com informações do site Superlutas , o lutador era local de Macapá, no Amapá.  Assim, Adriano Sylberth Santana Siqueira tinha duas lutas em seu cartel.  Uma vitória no MPFC - Mr. Prime Fighter Champion 4 e uma derrota no NEC 15 - North Extreme Cagefighting 15.

    Leia tudo sobre: luta

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.