Tamanho do texto

Groenhart acertou um golpe por trás em Grigorian, venceu a luta de kickboxing, mas depois apanhou de torcedores

Lutador holandês Murthel Groenhart venceu o rival armênio Harut Grigorian com nocaute polêmico
Reprodução
Lutador holandês Murthel Groenhart venceu o rival armênio Harut Grigorian com nocaute polêmico

Um dos duelos mais esperados do Glory 42, famoso evento de kickboxing que foi disputado em Paris, na França, terminou de forma lamentável e com cenas de briga de rua. O lutador holandês Murthel Groenhart venceu o rival armênio Harut Grigorian com um nocaute polêmico no segundo round e depois apanhou de dois torcedores que invadiram o ringue.

Leia também: Dupla humilhação: lutador é nocauteado e ainda apanha da mãe no ringue; assista

Na decisão da categoria peso-leve, Groenhart acertou uma uma joelhada no lutador adversário e, inexplicavelmente, Grigorian se virou de costas, em direção às cordas. O holandês aproveitou o momento de distração do armênio e acertou um golpe por trás, no queixo, apagando o oponente.

Confira no vídeo

"Um dos caras me pegou com um gancho no rosto. Levantei minha guarda. Com aquelas mãos sem luvas, acertou meu queixo e meus dentes. Acho que minha mandíbula está quebrada, não sei. Está doendo demais", disse Groenhart em declarações ao "MMA Fighting".

Não foi golpe ilegal

O golpe por trás e que causou o nocaute não foi considerado ilegal, já que o árbitro não havia interrompido a luta. Nicky Hemmers, técnico de Grigorian , inocentou o holandês e descartou qualquer hipótese de trapaça, mas considerou que o golpe "não foi gentil, mas não foi ilegal". Groenhart se desculpou diretamente ao armênio após a luta.

Leia também: Lutadora faz fotos sensuais e comenta sobre sexo: "30 minutos de preliminares"

"Quando você está no calor da luta, você simplesmente continua. Ele virou de costas. Eu fui atrás dele e o acertei com o gancho de direita, só isso. Não fiz nada de errado. Eu estava no combate, nas regras. Todo mundo diz nas regras para se proteger a todo momento. O árbitro não entrou no meio. Entrei com o gancho de direita. Ele caiu, e depois vi o árbitro chegar. Não fiz nada de errado" afirmou o vencedor do duelo.

Leia também: Lutador é condenado à prisão perpétua por agredir ex-atriz pornô

A luta que terminou com a briga generalizada era o coevento principal. O duelo da noite era revanche entre o atual campeão dos pesos-leves, o lutador francês Cedric Doumbe, contra o ex-campeão Nieky Holzken.

    Leia tudo sobre: Luta