Tamanho do texto

"É melhor ele não aparecer no cage depois da minha vitória. Ele não é bem-vindo lá", disse o campeão do peso meio-pesado sobre Jon Jones

Atual campeão do peso meio-pesado do UFC, Daniel Cormier defende o título neste sábado contra Anthony Johnson, em Buffalo, Nova York. Mesmo assim, o experiente lutador não consegue não falar sobre Jon Jones, possível adversário do vencedor da luta principal do UFC 210. DC, na última quinta-feira, depois do treino-aberto, afirmou que não quer encarar Bones depois do confronto com Johnson.

Leia também: Saiba tudo sobre Luta no iG Esporte

"É melhor ele não aparecer no cage depois da minha vitória. Ele não é bem-vindo lá. Ele continua suspenso, quando estiver liberado para lutar, ele pode entrar no cage. Mas se ele ousar entrar naquele octógono, algo ruim vai acontecer", afirmou o campeão dos meio-pesados do UFC sobre uma possível invasão de Jon Jones depois da luta , ao canal "Fox Sports", dos Estados Unidos.

Daniel Cormier e Jon Jones já se enfrentaram em luta do UFC
Divulgação
Daniel Cormier e Jon Jones já se enfrentaram em luta do UFC

Como sempre acontece, Daniel Cormier provocou o possível futuro adversário e ironizou a justificativa que Jon Jones deu por ter usado uma substância ilegal e ser pego em exame antidoping.

Leia também: Cormier assume que seu legado depende de uma vitória sobre Jon Jones

"Sei que ele é daqui, mas se fosse eu na situação dele, não estaria aqui. Sou o campeão, posso falar o que eu quiser. Talvez algumas pessoas estejam assustadas. Eu sei o que você fez. 27 anos e precisa de estimulante sexual? Você realmente tem algum problema. Eu tenho 38 e não tenho esse problema", disse Cormier.

Rivalidade

Daniel Cormier ainda falou sobre o rumo tomado pela carreira de Jon Jones, considerado um dos mais completos lutadores dos últimos tempos. "Esse cara é o ser humano mais talentosos com quem já competi. Ele é muito bom em todos os aspectos da luta, mas por ele ter feito as coisas que fez, limitar a história que ele estava fazendo é loucura. É triste", completou.

Leia também: Lucas Mineiro diz que luta pelo título do Brave deve ser no Brasil

Recentemente, Daniel Cormier revelou que seu legado dentro do UFC depende de uma vitória em uma possível luta contra Jon Jones. Em 2015, no UFC 182, ele foi derrotado pelo rival.

    Leia tudo sobre: luta