Tamanho do texto

Luana Pinheiro começou a treinar MMA e sonha em lutar no UFC em breve. Lembrando que Ronda Rousey também era judoca antes de brilhar

Luana Pinheiro trocou o judô pelo MMA
Arquivo pessoal
Luana Pinheiro trocou o judô pelo MMA

A bela Luana Pinheiro não vai mais desfilar sua beleza nos tatames do judô. Desiludida depois de ficar de fora dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, a loira resolveu largar a modalidade e migrar para o MMA. A ideia da agora ex-judoca é seguir os passos da norte-americana Ronda Rousey, que fez o mesmo caminho até ser uma estrela do UFC.

Leia também: MMA de mulheres usando apenas lingerie chega ao Brasil; confira fotos

Luana Pinheiro no treino de MMA
Arquivo pessoal
Luana Pinheiro no treino de MMA

"Quando decidi, ainda não estava preparada para trocar de vez. Estava com medo. Mas no fim do ano passado, resolvi que era a hora de ir para o MMA . Como nesse ano tem Olimpíada e eu não entraria mais, então resolvi mudar para fazer um teste. Não sei se vou querer mais voltar ao judô. Na idade que estou, o que tinha que dar já deu", disse Luana ao jornal "Extra".

Luana Pinheiro sempre foi considerada uma musa do esporte brasileiro
André Ricardo/Absolut Beach
Luana Pinheiro sempre foi considerada uma musa do esporte brasileiro

Leia também: Gabi Castrovinci, de faxineira "escravizada" a grande nome da luta nos EUA

A musa inicou o treinamento específico da  modalidade, pretende continuar no Brasil, fazer algumas lutas na nova modalidade e depois decidir se deixa o País. E ela, inclusive, já recebeu propostas. "Apareceu uma proposta, mas não aceitei. Não é o momento. Vou permanecer em Belo Horizonte, onde eu treinava no Minas, e começar tudo em uma academia lá. Quero aprender antes de mudar de País, ganhar experiência com algumas lutas. Quero ser como a Ronda", contou.

O mesmo caminho da estrela do UFC

Ronda Rousey é a grande inspiração da paraibana. Após ganhar a medalha de bronze no judô dos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, a norte-americana migrou para o MMA e brilhou no octógono do UFC, sendo imbatível por muitos anos. 

"Ela é a minha inspiração. Ela fez judô e mudou. Acho que vou ter um estilo parecido com o dela, mais de chão, com quedas, porque também sou judoca. Sempre gostei de MMA e quando ela entra, todo mundo torce. É muito legal, esse reconhecimento, a torcida. Você tem mais atenção no MMA", comentou Luana Pinheiro.

Leia também: Lutadora brasileira revela que foi molestada por um tio quando era criança

"Meu objetivo é estar no UFC. Mas vai depender do meu desempenho. Não adianta lutar sem estar preparada 100%. Vou trabalhar duro para isso. Meu objetivo agora vai ser outro. Eu sempre lutei na categoria até 52kg, mas mudei ano passado para 48kg. As meninas precisam tirar muito peso, mas eu nem precisaria, já estou acostumada e já lutei como uma 'peso-palha'", continuou.

Preocupação do pai

Como todos sabe, o MMA é bem diferente do judô, já que as lutadores recebem socos e pontapés e, na maioria das vezes, acabam os combates com várias escoriações no rosto e por todo o corpo. Luana disse que seu pai não foi a favor dessa mudança.

só porque eu sou apaixonada pelos jeans da @buholoja 💛 #buho #buholoja #praviverecurtir #jeans

Uma publicação compartilhada por Luana Pinheiro (@luanapinheiro92) em

"Meu pai me perguntou se eu já tinha brigado na rua e se eu aguentava um soco na cara. Ele disse que não ia servir para isso, que ia levar muita porrada na cabeça. Depois falei para ele que do mesmo jeito que me adaptei ao judô, eu me adaptaria no MMA. E vou aprender a bater também", finalizou a brasileira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.