Tamanho do texto

Sem lutar desde abril, o ex-campeão dos meio-pesados deverá enfrentar o vencedor do duelo entre Daniel Cormier e Anthony Johnson, no UFC 210

Jon Jones deverá ser o próximo desafiante do cinturão dos meio-pesados, em julho
Divulgação
Jon Jones deverá ser o próximo desafiante do cinturão dos meio-pesados, em julho

O retorno de Jon Jones ao octógono do UFC está mais próximo do que se pode imaginar. Em entrevista ao podcast "UFC Unfiltered", Dana White, presidente da organização, disse que o ex-campeão dos meio-pesados será o próximo desafiante ao título contra o vencedor do duelo entre Daniel Cormier e Anthony Johnson, que acontece dia 9 de abril, no UFC 210.

LEIA MAIS: Saiba tudo sobre Luta no iG Esporte

A previsão é que Jon Jones retorne em julho, o que o mandatário do Ultimate chama de "timing" perfeito, mesmo após ter dito que 'Bones' não lutaria tão cedo em uma edição numerada do evento, isto na semana do UFC 200.

"Jon Jones estará liberado para lutar em julho, o que torna o 'timing' perfeito. Ainda não falei com ele desde o problema no UFC 200. Dependendo de onde a cabeça de Jon estiver, e de onde ele achar que ela está, eu diria que ele voltará direto para tentar reconquistar o cinturão", afirmou White.

LEIA MAIS: José Aldo xinga Conor McGregor e diz aguardar UFC para voltar a lutar

O presidente da organização ainda ressaltou que não há necessidade de uma luta de readaptação para que um ex-campeão volte ao octógono para disputar o cinturão novamente, mesmo após a derrota avassaladora de Ronda Rousey para Amanda Nunes, em apenas 48 segundos, no UFC 207.

LEIA MAIS: Gabi Castrovinci vence luta, segue invicta e mantém cinturão

"Se você está disposto a voltar, então pelo menos lute para tentar recuperar o seu cinturão. Todos falavam que Ronda Rousey deveria ter feito uma luta de readaptação, mas isso não existe. Todos os lutadores que estão no top 5 de qualquer categoria são monstros. O que você não quer é perder para os caras ranqueados em oitavo, nono ou décimo lugares, porque uma derrota para eles te tira do top 10", concluiu.

A carreira

Jon Jones tornou-se o campeão mais jovem da história do UFC aos 23 anos, quando venceu o brasileiro Maurício Shogun, em 2011. Desde então, defendeu o título dos meio-pesados por oito vezes, até que foi punido e perdeu o título. Ao todo, no cartel do MMA, fez 23 lutas. Venceu 22 e perdeu apenas uma. É profissional desde 2008.

    Leia tudo sobre: Luta

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.