Tamanho do texto

Kayla foi algoz da brasileira Mayra Aguiar nos Jogos Olímpicos de Londres e do Rio e parceira de Rousey, que também deixou o judô para brilhar no UFC

Kayla Harrison enfrentou a brasileira Mayra Aguiar diversas vezes no judô
Divulgação
Kayla Harrison enfrentou a brasileira Mayra Aguiar diversas vezes no judô

Bicampeã olímpica de judô em Londres 2012 e Rio 2016, a norte-americana Kayla Harrison repetiu o que fez sua compatriota e amiga Ronda Rousey: deixou os tatames do tradicional esporte criado por Jigoro Kano para se aventurar nas arter marciais mistas, o MMA.

LEIA TUDO SOBRE LUTA

A judoca de 26 anos confirmou ao site "USA Today Sports" que assinou contrato com a World Series of Figting (WSOF) para ser comentarista e embaixadora da marca e, de vez em quando, lutar MMA profissionalmente.

"Eu tenho praticado boxe e jiu-jitsu. Mas o mais importante para mim, realmente, é que eu sinto falta de competir", afirmou Harrison. "Eu sinto falta de lutar nos estágios mais elevados do mundo e a Wordl Series of Fighting me deu uma grande oportunidade", continuou.

LEIA MAIS:  Diagnosticado primeiro caso de danos cerebrais no MMA

Segundo o CEO da WSOF, Carlos Silva, Kayla irá estrear como comentarista no dia 31 de dezembro no evento 34, em Nova York. "Por estar sempre envolvido com o movimento olímpico, eu estou muito animado para ter Kayla na nossa equipe. Uma medalha de ouro é especial e as pessoas que ganham são especiais. Estamos muito animados para que ela se junte à nossa equipe", revelou Silva.

COMPARAÇÃO COM RONDA ROUSEY

Ao migrar para o MMA, Harrison repete o que fez Ronda Rousey, medalhista de bronze nos Jogos de Pequim 2008 no judô, que trocou os tatames pelos octógonos, em 2010. Todos sabem que essa troca para Roudy valeu a pena, já que hoje ela é uma das principais lutadoras do UFC, mas para quem pensa que isso será uma pressão a mais para Kayla, está enganado.

"Muitas vezes as pessoas gostam de me comparar a Ronda, mas eu sou minha própria pessoa. Eu faço minhas próprias decisões e vou fazê-las em meu próprio tempo", continuou.

LEIA MAIS:  "Ronda é uma pessoa fraca", diz a campeã Amanda Nunes

Outro fato curioso é que tanto Ronda quanto Kayla enfrentaram a judoca brasileira Mayra Aguiar. O primeiro confronto foi nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, quando a norte-americana venceu Mayra na final e ficou com o ouro.

Mayra Aguiar foi derrotada por Ronda Rousey na final dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e ficou com a prata, antes da loira migrar para o MMA
Divulgação
Mayra Aguiar foi derrotada por Ronda Rousey na final dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e ficou com a prata, antes da loira migrar para o MMA















Em outra ocasião, dois meses depois, a musa do MMA mundial novamente triunfou sobre a brasileira e a eliminou do Mundial, que acontecia no Rio de Janeiro. Já sua companheira de treino, Kayla Harrison, enfrentou Mayra 17 vezes. Foram nove vitórias da bicampeã olímpica, incluindo uma nos Jogos Olímpicos de 2012, e oito derrotas. Nos Jogos do Rio, Mayra não chegou a enfrentar Harrison, já que foi eliminada na semifinal e ficou com o bronze.

    Leia tudo sobre: Luta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.