Tamanho do texto

Cerca de 30 torcedores participaram do protesto, um dia após apresentação do atacante Santiago García

Futura Press
A PM foi chamada para monitorar o protesto dos cerca de 30 torcedores
A apresentação do atacante uruguaio Santiago García , a mais cara contratação do futebol paranaense, não foi suficiente para conter a fúria da torcida do Atlético-PR pelo mau momento do time no Brasileirão.

Na tarde desta terça-feira, um grupo de aproximadamente 30 torcedores invadiu o CT do Caju para protestar contra o time, gritando “time sem vergonha”.

A Polícia Militar foi chamada para conter a manifestação e 25 dos 30 torcedores deixaram o CT, enquanto os demais conversaram com os jogadores e comissão técnica, além de serem recebidos pelo gerente de futebol Paulo Rink.

O Atlético-PR tem um ponto na tabela do Brasileirão e marcou apenas um gol em cinco rodadas.

Ainda nesta sexta, uma reunião entre diretoria, comissão técnica e jogadores buscou resolver os problemas do clube. “Futebol é assim. Vamos mudar esse quadro, voltar a ganhar, que tudo se resolve”, minimizou o diretor de futebol Alfredo Ibiapina.

A torcida está insatisfeita com a péssima campanha do time no Brasileirão
Futura Press
A torcida está insatisfeita com a péssima campanha do time no Brasileirão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.