Tamanho do texto

Brasil contou com gol no final do primeiro tempo para vencer seleção alemã. Time fará apenas dois amistosos, contra Croácia e Áustria, antes da Copa

No papel, era só mais um amistoso da seleção brasileira no preparatório para a Copa do Mundo , mesmo sendo contra a Alemanha . Na prática, era uma batalha para tentar vencer o time que goleou o Brasil no último Mundial. Com muita raça, a equipe canarinho derrotou os afintriões por 1 a 0, com gol de Jesus , de cabeça.

Leia também: Tempo real: acompanhe todos os lances do amistoso Alemanha x Brasil

Gabriel Jesus comemora gol do Brasil que abriu o placar contra a Alemanha
Pedro Martins / MoWA Press
Gabriel Jesus comemora gol do Brasil que abriu o placar contra a Alemanha

O Brasil abriu o placar no final do primeiro tempo, quando a Alemanha estava dominando as ações. Willian recebeu na direita e cruzou na cabeça de Gabriel Jesus, que fizalizou em cima de Trapp, mas o goleiro tentou defender no susto e a bola acabou entrando. Na segunda etapa, a seleção brasileira cresceu, criou boas oportunidades de ampliar o placar, mas não conseguiu concluir em gol.

O jogo

As duas seleções começaram a partida no mesmo estilo, pressionando a saída de bola adversária e trocando passes e tentando manter o controle da posse. A primeira boa chance foi da Alemanha. Aos 8 minutos, Kross cruzou na área, Boateng desviou de cabeça e Mario Gómez tentou finalizar cara a cara com Alisson, mas a arbitragem já havia marcado impedimento. A resposta do Brasil veio dois minutos depois, Coutinho invadiu a área pela esquerda, mas errou o passe. Na sequência, Paulinho não conseguiu cabecear para o gol após cruzamento da lateral.

Aos 18, Mario Gómez teve uma nova chance. O atacante recebeu dentro da área após uma troca rápida de passes na intermediária. No entanto, o jogador estava novamente em posição de impedimento.

A seleção alemã começou a apostar nas bolas aéreas. Aos 28, Kross teve espaço no meio campo e fez belo passe para Draxler na ponta. O meia cruzou na direção de Mário Gómez, mas o atacante se embolou com a bola e não consegui finalizar na direção do gol.

Aos 35, a zaga brasileira faz besteira ao tentar sair jogando e a bola sobra com Plattenhardt. O lateral cruza na área, mas Kimmich cabeceia por cima.

👌🏼🇩🇪 #unitedbyfootball #berlin #gerbra #diemannschaft @unitedbyfootball2024

Uma publicação compartilhada por Die Mannschaft (@dfb_team) em

A partida começou parelha pelos primeiros quinze minutos. A partir disso, a Alemanha começou a crescer e assumiu o controle das ações, anulando completamente as chances do Brasil, mas ainda pecava na hora de fazer o último passe. Normalmente Mario Gómez ou está em impedimento ou se atrapalha com a bola. No entanto, o Brasil ainda tinha muita velocidade nos contra-ataques.

Aos 36, o primeira grande chance. Jesus recebe de Willian, avança com liberdade, mas chutou por cima. O atacante deu lindo drible em Boateng, ajeitou o corpo mas chutou por cima do gol, disperdiçando uma chance clara. No lance seguinte, ele não perdoou. Willian cruzou da direita e Jesus cabeceou livre quase na pequena área. Trapp espalma caindo para trás e a bola ultrapassa a linha de fundo. O camisa 9 abre o placar em Berlim.

O jogo ficou morno até o final da primeira etapa. O juiz nem deu acréssimos e encerrou exatamente aos 45 minutos.

Leia também: Messi fica de fora mais uma vez e não vai jogar amistoso contra a Espanha

A primeira chance da seleção brasileira no segundo tempo veio logo aos 6 minutos. Casemiro roubou bola no campo de ataque e encontrou Coutinho na entrada da área. O meia tentou arriscar de longe, mas a tentativa saiu por cima do gol, sem muito perigo.

No minuto seguinte, mais uma grande chance. Paulinho tentou toque para Coutinho que infiltrava na área. O meia deu um lance espetacular e abriu as pernas, deixando a bola chegar até Willian. O jogador do Chelsea chutou em cima da defesa alemã. No rebote, Paulinho abriu espaço e finalizou com muita força, mas o goleiro Trapp conseguiu fazer a defesa e mandar para escanteio. 

O Brasil continuava pressionando em busca do segundo gol. Muito melhor na segunda etapa, Jesus encontrou Coutinho, que levou da ponta esquerda para o meio e finalizou com o lado interno do pé. A finalização saiu por cima, mas dessa vez levou mais perigo.

Aos 23 minutos, Trapp saiu mal após cobrança de escanteio e a bola sobrou na cabeça de Jesus, mas mesmo com o gol vazio, o atacante conseguiu errar o alvo e mandar pela linha de fundo.

A partir deste lance, a Alemanha começou a manter mais a posse de bola. Quando tinha o controle, tentava girar em busca de algum espaço para um passe mais agudo. Sem conseguir essa opção, a seleção da baviera continuava apostando na jogada aérea, mas sem sucesso.

No último minuto, Alisson ainda fez boa defesa depois de bomba de Draxler.


Leia também: Ronaldinho finalmente explica gol contra Inglaterra: "Não era para a bola ir lá"

Com o resultado, Tite chegará na convocação para a Copa do Mundo com apenas uma derrota em 19 jogos no comando da seleção, em amistoso contra a Argentina. Já a Alemanha perdeu a oportunidade de igualar a sua maior sequência sem derrotas na história, 23 partidas.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.