Tamanho do texto

Com Danrlei no comando, partida beneficente reuniu jogadores e ex-atletas em Porto Alegre

Romário não apareceu em jogo festivo
Hilton Mattos
Romário não apareceu em jogo festivo
Comandado pelo ex-goleiro Danrlei(E), time de verde formou a seleção gaúcha
Gabriel Cardoso
Comandado pelo ex-goleiro Danrlei(E), time de verde formou a seleção gaúcha
O jogo beneficente era para reunir os Amigos do Danrlei contra os Amigos do Romário. Porém, o Baixinho não apareceu. Minutos antes do início do jogo, no estádio do São José, em Porto Alegre, os jornalistas receberam um comunicado sobre a ausência do deputado federal:

“Por motivos de saúde, o deputado Romário informou que não conseguirá estar presente nesta edição do jogo das estrelas”.

A partida movimentou o futebol gaúcho na tarde de domingo. Também serviu para dar um fim de ano melhor para pessoas necessitadas. Os mais de dois mil torcedores que foram ao estádio pagaram R$ 10,00 ou doaram cinco quilos de alimentos para o ingresso.

O que era pra ser o time dos amigos do Danrlei virou a “seleção gaúcha”. Danrlei, George Lucas, Luis Eduardo, Baideck e Roger; Mauro Galvão, Emerson, Arilson e Daniel Carvalho; Tarciso e Fabiano formaram a escalação inicial, em um time composto na grande maioria por ex-jogadores do Grêmio.

Sem Romário, o adversário virou a “seleção brasileira”. Mazaropi; Paulo Roberto, Rodrigo Costa, Denilson e Paulo César Magalhães; Válber, Dunga, Beto e Zinho; Aílton e Bruno Reis foi a escalação.

Beto, 36 anos, ex-meia do Grêmio e com passagem pelos quatro grandes clubes dio Rio de Janeiro foi o grande destaque do jogo: fez três gols na vitória dos Amigos do Romário por 6 a 3. O centroavante Washington, o ex-atacante Alexandre Gaúcho e Bruno Reis completaram os gols do time vencedor. O lateral George Lucas, o meia Daniel Carvalho e o ex-atacante Zé Alcino descontaram.

Sem Romário, time de amarelo virou a
Gabriel Cardoso
Sem Romário, time de amarelo virou a "seleção brasileira"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.