Rony marcou dois gols na vitória do Palmeiras sobre o Cerro Porteño
Reprodução / Twitter Conmebol - 29.06.2022
Rony marcou dois gols na vitória do Palmeiras sobre o Cerro Porteño

O Palmeiras conquistou uma boa vantagem ao bater o Cerro Porteño-PAR por 3 a 0, nesta quarta-feira, pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores. O placar em Assunção foi construído com um gol de Murilo e dois de Rony, passando a ser o maior artilheiro isolado do Alviverde na história da competição continental.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


Verdão para na marcação do Cerro e peca na falta de intensidade
Desde o início de jogo já era possível notar que a estratégia do Cerro Porteño era neutralizar o Palmeiras e não ser derrotado em casa pelo adversário, que é favorito no confronto. Com três volantes, a equipe paraguaia não deixou o time brasileiro jogar. A tentativa palmeirense era buscar laterais na área e um chute de Scarpa no começo do jogo, mas nenhum deles conseguiu levar perigo ao gol do goleiro Jean.

A primeira grande chance, e talvez a melhor do primeiro tempo, foi do Cerro, aos nove minutos, quando Benítez recebeu cruzamento de Espínola, dominou na área e bateu para o gol, mas Marcos Rocha bloqueou o chute evitando o que poderia ser a abertura do placar.

Enquanto isso, o Palmeiras insistia no jogo curto, mas sem aproximação entre os jogadores. Scarpa, Veiga e Dudu praticamente não jogaram na primeira etapa. Em um bom lançamento de Danilo, que também não fazia bom jogo, Rony recebeu na esquerda, brigou três vezes pela bola e nenhum companheiro se aproximou para ajudar. Um bom retrato da atuação alviverde e do esforço de Rony.

O camisa 10, embora estivesse impedido no lance, foi protagonista da melhor chance do Verdão no primeiro tempo, quando Piquerez avançou pela esquerda, cruzou para Rony, que finalizou na rede pelo lado de fora. A arbitragem apontou a infração e invalidou a jogada, que "salvou" a primeira etapa em emoção, uma vez que o 0 a 0 permaneceu no placar do Estádio General Pablo Rojas no intervalo.

Verdão acorda no segundo tempo e abre 3 a 0 de vantagem
Na volta dos vestiários, os dois times não fizeram alterações e o Palmeiras seguiu com a morosidade que terminou a primeira etapa, enquanto o Cerro Porteño tentava levar perigo pelo lado esquerdo e quase teve êxito. Mas o Verdão começou a despertar quando Danilo perdeu chance cara a cara com Jean, que fez bela defesa. Em seguida, Scarpa tabelou com Piquerez e cruzou na medida para Rony marcar o o gol e abrir o placar aos 15 minutos do segundo tempo no Paraguai.

A partir dali o jogo mudou de vez, com o Alviverde imprimindo um ritmo mais forte e encontrando mais espaços na defesa do Cerro. Aos 19', Rony conseguiu cabecear, mas nas mãos de Jean. Aos 23', porém, em linda jogada coletiva, Veiga tocou para Dudu, que tocou para Rony marcar. A arbitragem apontou impedimento em campo, mas o VAR confirmou o segundo gol palmeirense na partida ampliando o placar.

O camisa 10 ainda teve uma outra oportunidade em seguida, quando recebeu grande lançamento de Danilo, tentou tocar na saída de Jean, mas o goleiro defendeu. Com o resultado encaminhado, Abel Ferreira começou a poupar seus principais jogadores, como Veiga, Dudu e Scarpa. Na defesa, alguns vacilos do time permitiram que o Cerro chegasse com mais perigo, mas nada que incomodasse Weverton.

Aos 41', em cobrança de escanteio de Gabriel Menino, Gustavo Gómez cabeceou para o meio da área, onde achou Murilo, que bateu duas vezes até balançar a rede de Jean e ampliar o placar para 3 a 0. O tento sacramentou o placar, e o Verdão administrou até o fim.

E agora?
Com a vitória, o Palmeiras leva grande vantagem para o jogo de volta, que acontece na próxima quarta-feira, no Allianz Parque. Agora, o time brasileiro pode até empatar que garante vaga nas quartas de final da Libertadores. Lembrando que não há o critério do gol fora de casa, qualquer derrota por três gols de diferença, será pênaltis.

Antes disso, neste sábado, o Verdão recebe o Athletico-PR, às 21h, pela 15ª rodada do Brasileirão-2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários