Cicinho
Divulgação
Cicinho

O ex-lateral e hoje comentarista do SBT, Cicinho, confessou, no último episódio da série 'Ressaca', exibida pela 'EPTV', que chegou a ir para os treinos do Real Madrid bêbado.

"Se me perguntarem se já fui treinar bêbado no Real Madrid, já. Bebia café para tirar o bafo e tomava banho de perfume. Na minha profissão, como ex-atleta profissional de futebol, era fácil. Não precisava de dinheiro para conseguir bebida, as pessoas tinham o prazer de me dar em restaurantes", revelou.

Cicinho, que esteve no clube entre janeiro de 2006 e agosto de 2007 - ao lado dos 'galáticos' Ronaldo, Zidane, Beckham, Figo ou Roberto Carlos -, lembrou onde começou o vício pelo álcool.

"Aos 13 anos, quando provei pela primeira vez, nunca mais parei. Morava no interior e aos fins de semana reuníamos os amigos e costumávamos sair para as praças e discotecas. Havia um bar ali perto, e eu por ser menor tentava me esconder, pedia aos adultos para irem comprar e bebia às escondidas dos meus pais e da polícia", lembra.

Agora com 41 anos, Cicinho diz que se arrepende de tudo o que fez. "O álcool te deixa cercado das pessoas que gostam desse estilo de vida, e as pessoas que te amam verdadeiramente são excluídas. Quando te encostam na parede, dizendo que isso não está certo, você não querer ouvir. Tenho um filho de 15 anos e estou sempre pedindo desculpa. Na altura ele tinha dois anos e nem percebia bem, mas na minha cabeça isso ficou gravado", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários