Daniel Bessa encerrou passagem por clube italiano
Reprodução/Instagram
Daniel Bessa encerrou passagem por clube italiano

Daniel Bessa (veja fotos na galeria abaixo) encerrou seu vínculo com o Hellas Verona, da Itália. O clube não renovou seu contrato, anunciou na última quarta-feira (15) um agradecimento ao meio-campo pelo tempo de casa e agora ele está livre para assinar com qualquer clube.


– Gratidão. Essa palavra define bem todo o meu sentimento na minha passagem pelo Hellas Verona. Foram momentos de alegrias, derrotas, dificuldades, vitórias e conquistas profissionais e pessoais. Um clube que ficará guardado em meu coração por tantas oportunidades. Clube que me deu a oportunidade de conhecer tantas pessoas boas. Agradeço todos os companheiros que tive, treinadores, staff, diretores e amigos que fiz dentro do clube. Todos com certeza me fizeram aprender algo novo e importante para minha vida – afirmou Bessa.

– Um Agradecimento especial à cidade de Verona, que por muitos anos foi minha casa e continuará sendo. Muitos momentos importantes da minha vida foram vividos nessa cidade fantástica. Foram 105 jogos como profissional vestindo essa camisa e dando meu máximo! Os melhores momentos não nego que foram em casa no Estádio Bentegodi. Foi uma Honra! – finalizou o brasileiro em postagem na sua conta no Instagram.

Aos 29 anos, Bessa recentemente completou 100 partidas pelo Verona e, inclusive, recebeu uma camisa como homenagem. Ao todo, foram 105 compromissos, com dez gols e nove assistências. Na Itália, somados também Como, Genoa, Bologna e Vicenza, foram mais de 200 compromissos. O início do brasileiro no país foi na Inter de Milão, clube pelo qual iniciou nas categorias de base ao chegar com apenas 15 anos.

No meio-campo, Bessa pode atuar como segundo volante ou como meia. Em 2020, ano de parada do futebol por conta da pandemia, ele defendeu o Goiás após empréstimo do Verona. A expectativa do jogador e dos seus agentes é de que até o fim de junho ele já tenha o futuro definido. De férias no Brasil, o atleta tem nos planos a possibilidade de permanecer na Europa ou ficar em seu país de origem depois de uma primeira experiência no Esmeraldino.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários