Byron Castillo teria falsificado documentos
Reprodução/Twitter
Byron Castillo teria falsificado documentos

A Fifa já decidiu que o Equador  está fora da Copa do Mundo de 2022 no Catar e que o seu lugar ficará com o Chile. A informação é do canal 'TV Azteca'.

A razão é que teria sido confirmado que o jogador equatoriano Byron Castillo (veja fotos na galeria abaixo) falsificou seus documentos de nascimento e é na verdade colombiano.


O Chile, que terminou em 7º no campeonato sul-americano e, portanto, não se classificou para Mundial, entraria na vaga do Equador. Eles exigem que a seleção equatoriana perca os pontos dos oito jogos das eliminatórias sul-americanas que Castillo esteve em ação e e que os adversários ganhem os três pontos das partidas. Em razão disso, o Chile conquista a vaga na Copa.

Ainda de acordo com a emissora mexicana, a FIFA anunciará sua decisão oficial em alguns dias. Byron Castillo, lateral-direito de 23 anos, joga atualmente pelo Barcelona de Guayaquil e se tornou alvo do Santos nas últimas semanas.

Eduardo Carlezzo, advogado que representa o Chile neste caso, revelou em uma coletiva de imprensa que, depois de realizar sua investigação, foi determinado que a certidão de nascimento de Byron Castillo é falsa, já que ele não nasceu no Equador como afirmou, mas sim em Tumaco (Colômbia).

O Equador integra o grupo A da primeira fase da Copa do Mundo, junto com Catar, Holanda e Senegal.

Entre em nosso  canal no Telegram e veja as principais notícias do esporte no Brasil e no mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários