Jubal
Reprodução/Instagram
Jubal

Um dos líderes e único brasileiro no elenco do Auxerre, Jubal vive expectativa para o início dos playoffs da Ligue 2. Nesta sexta-feira (20), o zagueiro ex-Santos, que atingiu sua melhor marca na carreira em questões de minutagem em campo durante uma competição nacional, encara o Sochaux, às 15h30 (horário de Brasília), pelo primeiro jogo do mata-mata, em Auxerre.


Na Segunda Divisão Francesa são promovidos à elite apenas o primeiro e segundo colocado. Como o Auxerre ficou em terceiro, com 74 pontos, enfrenta o Sochaux, vencedor do confronto diante do Paris FC, equipes que ficaram na quinta e quarta posição do torneio, respectivamente. Quem vencer no duelo desta sexta-feira (20), encara o Metz, que encerrou a Ligue 1 na 18ª colocação, na final dos playoffs. 

“Esta temporada foi muito boa para nós. Conseguimos bater a campanha do ano passado e chegarmos muito próximos ao acesso direto à Ligue 1. Agora, é trabalhar e focar para estes playoffs. A promoção à primeira divisão é algo que o clube vem buscando novamente desde a temporada 2014/15 e, se carimbarmos isso, seria mágico ao clube”, disse o defensor de 28 anos, autor de dois gols na Ligue 2. 

Na campanha até aqui, Jubal atuou em 36 das 38 partidas dos franceses. Em todas elas, jogou como titular. Diante dos números, obteve uma minutagem de 3211 minutos em campo durante toda a competição, superando a soma da temporada 2016/17, quando obteve 2870 minutos no Campeonato Português, atuando pelo Arouca. 

“Venho fazendo um ano muito bom. Me arrisco a dizer que um dos melhores em minha carreira. Pude ter uma regularidade muito grande, algo que me fez evoluir muito. Das 36 partidas que atuei, joguei os 90 minutos em 35. Algo que me deixa muito realizado. Espero conseguir este acesso à Ligue 1. Algo que encerraria nossa temporada com chave de ouro”, disse o zagueiro. 

Revelado pelo Vila Nova (GO), Jubal chegou ao Santos em 2011. Após a conquista da Copa São Paulo, em 2013, atuou em 22 partidas pelo profissional do Peixe. Em 2015, chegou ao Arouca, de Portugal. Ainda no país luso, passou por Vitória de Guimarães, em 2017, Boavista, em 2018, e Vitória de Setúbal, em 2019, até chegar ao Auxerre, em 2020.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários