Sandra de Sá
Divulgação
Sandra de Sá

A cantora Sandra de Sá (veja galeria de fotos abaixo), que também é sócia e benemérita do Flamengo, tentou dialogar e negociar com a diretoria do clube carioca a fim de falar sobre a má fase que vive a equipe.

A rubro-negra faz parte do grupo de Whatsapp 'Conselheiros e Sócios', que é composto por diversos membros da gestão atual do clube carioca.

"Quando os caras vão ser se candidatar, não sei quê, procuram a gente para votar, conversam… Quando eles são eleitos, eu acho que não tem nada demais, eles ouvirem, sentarem com a gente para conversar. Eu acho que falta isso. Há anos que eu fico mandando recado, que eu ligo e falo “pô, vamos sentar, vamos conversar umas paradas” e ninguém nem responde, as pessoas nem respondem", desabafou Sandra.

"A gente podia estar junto, vamos Landim, diretoria, trocar uma ideia aqui, vamos dar umas sugestões, vamos falar umas paradas, mas pelo menos para mim, não sei se é só comigo, é muito difícil. Você manda recado, você fala uma série de coisas… Tem que conversar, a gente tem que falar o nosso pensamento para eles, ‘trocação’ de ideias", completou.

Após ser ignorada por membros da diretoria do Flamengo, a cantora recebeu o apoio do ator Dado Dolabella, outro que ficou revoltado com a situação do clube.

"Exatamente! Até mesmo pra gente não ter que ouvir um absurdo desse, que estamos fora… O Flamengo nunca esteve, nunca esteve fora de mim nem quando morei dois anos na gringa", disse Dado, concordando com a cantora.

O Flamengo voltará a campo nesta terça-feira (17), diante da Universidad Católica (CHI), no estádio do Maracanã, às 21h30, em partida válida pela Libertadores da América.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários