Cristiano Ronaldo e Evra jogaram juntos no Manchester United
Reprodução
Cristiano Ronaldo e Evra jogaram juntos no Manchester United

Ídolo do Manchester United, Patrice Evra (veja fotos na galeria abaixo) terminou a carreira em 2018 vestindo a camisa do West Ham. E foi atuando pelo clube londrino que lateral-esquerdo testemunhou um episódio de homofobia no vestiário.

Em entrevista ao Mid.Point, Evra recordou que vários colegas foram contra a presença de atletas homossexuais no clube londrino.

“Ser gay no futebol é um tabu. Não pode existir um jogador homossexual, toda a gente se ia passar. Querem um exemplo? Quando jogava no West Ham, um membro da Federação Inglesa veio nos dizer: ‘Vocês têm de aceitar toda a gente’. E alguns jogadores viraram-se: ‘Não. Se um dos meus colegas fosse gay, tinha de sair imediatamente. Não ia tomar banho com ele’. Eu me levantei e mandei-o calar”, disparou.

Durante a sua carreira, Evra defendeu times como Monaco, Juventus e Manchester United. Nos Red Devils, o francês conquistou cinco edições do Campeonato Inglês e uma Champions League. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários