Rincon
Instagram
Rincon

Uma semana depois, o acidente de carro de Freddy Rincón, ex-Corinthians, que morreu na noite de quarta-feira em decorrência dos ferimentos , ainda não foi esclarecido pelas autoridades colombianas.

Há dúvidas centrais sobre o ocorrido, como o número de pessoas dentro do carro e se o ex-jogador era ou não o condutor do veículo na hora da colisão. Os filhos do ex-jogador dizem que Rincón estava no banco do passageiro, justamente o lado que foi o mais exposto na colisão com um ônibus.

Veja o que se sabe e o que ainda não foi confirmado sobre o caso :

De quem era o carro que colidiu com um ônibus?

O veículo está registrado no nome de Tomás Humberto Díaz Valencia, meio-irmão do jogador. Ele negou que estava com Rincón na noite do acidente, em uma entrevista ao site jornal El País colombiano.

Ainda segundo a imprensa da Colômbia, o veículo estava sem o seguro obrigatório de trânsito e contabiliza sete infrações de trânsito, sendo três por excesso de velocidade. A última registrada no dia 14 de março.

Onde Rincón estava antes da batida?

Segundo Vladimir Mosquera, um amigo de Rincón, o jogador passou a noite de domingo com alguns amigos na casa de um deles — Harold Saa, um músico de salsa. O encontro era um hábito do grupo, que frequentemente se reunia no local para conversar e ver jogos de futebol, e teria terminado por volta das 23 horas. O que a investigação tenta esclarecer são os detalhes do que aconteceu depois, nas seis horas seguintes até o acidente.

Leia Também

Quem estava com Rincón no carro?

A investigação já estabeleceu que havia ao menos três pessoas dentro do carro, mas podem ter sido quatro ou até cinco o número total de passageiros. Além de Rincón, estavam no carro duas mulheres já identificadas: María Manuela Patiño, de 20 anos, e Lorena Cortés, de 40 anos.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o automóvel passa o sinal vermelho antes de colidir com o ônibus, por volta das 4 horas da manhã. O vídeo mostra duas pessoas saindo de dentro do carro e se aproximando de um táxi logo após o acidente.

A polícia já tem a placa do táxi e está atrás de encontrar estas duas pessoas. Também não está claro porque uma das passageiras da camionete, María Manuela Patiño, foi por conta própria ao hospital em vez de esperar a ambulância. 

Quem dirigia o carro que passou no sinal vermelho?

Segundo o jornal El Tiempo, Cortés depôs na polícia dizendo que Rincón ia dirigindo e que havia cinco pessoas dentro do carro —não três. O jornal publicou matéria, com base em documentos oficiais que dizem que o resgate enconrou Rincón desacordado no banco do motorista. Por outro lado, testemunhas oculares dizem ter visto o ex-jogador ser resgatado do banco do carona.

Não há informações sobre o depoimento de Patiño, e a identidade das outras duas pessoas ainda é indefinida.

A família do ex-jogador discorda da versão de Cortés. Os filhos do ex-jogador, Sebastián e Steven Rincón pediram para que o motorista do carro envolvido no acidente se apresente às autoridades. Eles afirmam que Rincón era passageiro e que a pessoa que estava direção do veículo no momento do acidente ainda é desconhecida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários