Carlos Carvalhal
Divulgação
Carlos Carvalhal

Carlos Carvalhal foi cobiçado por três grandes clubes do Brasil, porém, não aceitou deixar o Braga para assumir Flamengo, Corinthians e Atlético Mineiro.

Agora, com o contrato muito próximo do fim, somente até junho de 2022, o português se mostrou disposto a enfrentar o futebol brasileiro. 

Em entrevista a um jornal turco, lembrou que em dois meses será um treinador livre, aumentando a especulação de que está mesmo de saída do Braga. Sobre o futuro, colocou o Brasil como um dos possíveis destinos.

"O próximo trabalho? Está tudo em aberto. Tudo o que possa aparecer será alvo de análise, seja ficar em Portugal, Turquia, clubes árabes, Brasil ou Europa. Estamos focados no nosso trabalho e em acabar bem a temporada, esse é o objetivo. Na altura devida falaremos sobre o assunto, ouvindo o que nos possa aparecer", afirmou.

Ele ainda falou sobre dar tempo ao tempo. "Tenho pessoas que tratam da minha vida e ainda não me chamaram para tomar decisões. Na altura certa saberei o que há em cima da mesa. Por enquanto, queremos fazer o melhor possível, sendo que, agora, já estamos nos três melhores registos de temporadas no Braga. A seu tempo vamos decidir o que é melhor", diz.

No início do ano, além do interesse de encerrar a temporada no Braga, também pesou contra os times brasileiros um acerto com Carvalhal a sua alta multa rescisória: 10 milhões de euros (R$ 63,1 milhões), fator que daqui a dois meses não será mais um impeditivo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários