Rooney
Instagram
Rooney

O ex-atacante e ídolo do Manchester United, Wayne Rooney, esteve ontem em um evento do clube onde subiu ao palco depois de um jantar formal e falou, em tom de brincadeira, sobre alguns dos seus antigos companheiros nos red devils. 

Na oportunidade, nem o craque Cristiano Ronaldo escapou. "O Cristiano era muito bom, mas, ao mesmo tempo, era um chato do c...! Provavelmente agora não é tão bom, mas continua a ser chato", disse o agora treinador do Derby County.

Ele ainda recordou o encontro com Portugal, no Mundial de 2006, quando foi expulso após cometer uma falta sobre Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo insistir com o árbitro para mostrar o cartão vermelho.

"Não tive qualquer tipo problema com o Cristiano. Falamos depois no túnel e disse-lhe 'não tenho problemas por ter mandado o juiz me colocar para fora do jogo'. Porque passei o primeiro tempo todo vendo se ele seria punido por seus mergulhos (simulações)", diz.

Leia Também

E prosseguiu: "Eu sou inglês, ele é português. Quando estamos jogando não quero saber dele para nada, não é meu amigo. Mas quando terminamos, somos companheiros outra vez", apontou.

Wayne Rooney falou também sobre Carlos Tevez, atacante argentino com quem jogou nos red devils entre 2007 e 2009.

"Adorei jogar com ele. Costumava lhe dar carona para o aeroporto quando íamos para os jogos da Liga dos Campeões. Honestamente, falava com ele uns 30 minutos, mas não faço ideia do que saía da boca dele. Ele murmurava qualquer coisa. Eu nunca fui um grande falador, mas lembro-me de pensar 'f...-se, ele murmura e eu não entendo nada. Ficava devastado, era a maior desilusão da minha vida", apontou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários