Pedrinho
Divulgação
Pedrinho

A invasão russa a Ucrânia também está afetando o futebol. Após paralisar o esporte no território ucraniano; tirar a Rússia das Eliminatórias da Copa do Mundo; e provocar a liberação, por empréstimo, dos jogadores estrangeiros que atuavam naquele país, há agora questões financeiros pendentes.

Um dos clubes que vem sofrendo as consequência é o Benfica, de Portugal. Isso porque, o ucraniano Shakhtar não tem conseguido pagar os cerca de 16 milhões de euros (R$ 84 milhões) que faltam relativos à transferência de Pedrinho, ex-meia do Corinthians.

Segundo informações do jornal Record, o clube português só recebeu até agora 2 milhões (R$ 10 milhões) do total de 18 milhões de euros (R$ 94 milhões) acertados na negociação.

Para piorar, informações colhidas pela reportagem do IG Esportes  junto a fontes no clube dão conta que o Corinthians também está sendo prejudicado. Por ser o clube formador de Pedrinho, o alvinegro tem o direito a receber, por meio do Mecanismo de Solidariedade da FIFA, 4,25% do valor total do negócio, ou seja, algo em torno de R$ 4 milhões (na cotação atual).

Leia Também

Leia Também

Vale lembrar que, no momento da negociação entre o time português e o Shakhtar, o Benfica assumiu, em nota oficial, que seria ele o responsável por repassar o valor ao clube brasileiro. Entretanto, como ainda não recebeu grande parte da quantia por Pedrinho, também não depositou os valores ao Corinthians. A reportagem procurou a cúpula alvinegra e questionou sobre a suposta pendência, mas não conseguiu a confirmação oficial. 

Pedrinho tem 23 anos e contrato até junho de 2025 com o Shakhtar. Ele assinou com os ucranianos ainda na metade de 2021, quando deixou o Benfica após ser negociado pelo Corinthians, em agosto de 2020.

O jogador está no Brasil, mantendo a forma no CSA. Após ser cogitado em diversos clubes, o staff do atleta definiu que a melhor estratégia é esperar a nova janela de transferência para decidir o que fazer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários