Jorge Jesus conquistou cinco títulos no comando do Flamengo
Divulgação
Jorge Jesus conquistou cinco títulos no comando do Flamengo

Campeão da Libertadores da América pelo Flamengo em 2019, o meio-campista Vinicius Souza (veja galeria de fotos abaixo) revelou à ESPN algumas broncas que recebia de Jorge Jesus e elogiou o ex-técnico do time carioca.

"Aprendi a jogar sem a bola e isso me ajudou muito a entender como era o futebol europeu, a defender bem e a saber fechar os espaços. Jesus nos dizia para desfrutar cada momento já que tudo passava muito rápido na carreira. É o que tento levar para mim", disse o atleta, que atualmente defende o KV Mechelen, da Bélgica.

"Todos os dias levava uma bronca. Ele andava sempre em cima de mim, mas sabia que era para o meu bem. Foi um treinador que foi um pai, que abraçou todo mundo e que foi abraçado por todos. Todos daquela equipe em 2019 gostavam dele e vamos levar isso para sempre", acrescentou.

Além disso, Vinicius revelou que era difícil escapar das broncas do treinador. Até mesmo quando realizava o que foi pedido, recebia críticas do português.

"Às vezes ele mandava tocar na direita, você tocava lá e, mesmo assim, ele dava bronca. A gente não entendia, mas respirava e dizia: 'Vamos para a próxima que daqui a pouco vem outra'. Acho que a maioria (das broncas) vinham nos treinos [...]. No início foi uma mudança muito grande, porque ele jogava de uma forma totalmente diferente do que tinha feito até então na carreira. Tive de mudar 100% o meu estilo de jogo, foi algo que revolucionou muito para mim", concluiu.

Aos 22 anos, Vinicius está pelo segundo ano seguido no futebol belga. Após passagem pelo Lommel SK, o jogador veste as cores do KV Mechelen, onde anotou, até aqui, dois gols e uma assistência em 28 partidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários