Patrocinador máster do Chelsea,
Reprodução / Twitter
Patrocinador máster do Chelsea, "Three" rompe parceria com o clube inglês

Patrocinadora do Chelsea desde 2020, a empresa de telefonia e rede móvel "Three" rescindiu o contrato com os Blues nesta quinta-feira, depois que o governo britânico anunciou sanções contra Roman Abramovich, dono da equipe londrina, que tem ligações com Vladimir Putin. O motivo, é claro, é a recente guerra entre Rússia e Ucrânia.

O grupo irlandês exigiu a remoção imediata de seu logotipo, um número "3" estilizado, dos uniformes do clube. Um funcionário do Chelsea, responsável pela rouparia, ficou com incumbência de arrumar tecidos azuis para cobrir a marca antes da partida contra o Norwich, nesta quinta, às 16h30 (de Brasília).

- À luz das sanções recentemente anunciadas pelo governo, solicitamos que o Chelsea Football Club suspendesse temporariamente nosso patrocínio ao clube, incluindo a remoção de nossa marca das camisas e do estádio até novo aviso - declarou um representante da "Three".

Nike, Trivago, Cadbury, EA Sports, Fiserv, Hublot, Go Markets, Hyundai, Levy Restaurants, Pari Match, MSC Cruzeiros, Singha, Sure, Vitality Health Insurance, Yokohoma Tires e Zapp são outras marcas que também têm acordos com o Chelsea. Algumas já estão reavaliando os contratos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários