Zinchenko
Divulgação
Zinchenko

O meia e lateral-esquerdo Oleksandr Zinchenko (veja galeria de fotos abaixo) , do Manchester City, não se acanhou ao tomar partido no conflito entre Rússia e Ucrânia, que escalou para uma invasão de tropas russas na madrugada desta quinta-feira. Em seu Instagram, o jogador ucraniano de 25 anos desejou a morte do presidente russo, Vladimir Putin.

"Que você tenha a morte mais dolorosa e cheia de sofrimento, sua criatura", escreveu o jogador em postagem nos stories com a foto de Putin, que acabou apagada. Segundo o jornal inglês "Daily Mail", Zinchenko teria afirmado que o próprio Instagram derrubou a postagem.

Em suas últimas atividades nas redes, Zinchenko falou intensamente sobre o conflito. Ele apoiou a atitude do atacante Yaremchuck, que exibiu camisa com o símbolo do exército ucraniano após marcar sobre o Ajax na Champions, nesta quarta.

Na mesma quarta-feira, fez postagem com o mapa da Ucrânia em apoio a seu país. O jogador nasceu em Radomyshl, no norte.

"Todo o mundo civilizado está preocupado com a situação do meu país. Não posso ficar de fora de tentar transmitir minha opinião. Na foto está meu país. O país onde nasci e cresci. Um país cujas cores defendo no cenário esportivo internacional. Um país que tentamos glorificar e desenvolver. Um país cujas fronteiras devem permanecer invioláveis. Meu país pertence aos ucranianos e ninguém jamais poderá se apropriar dele. Não vamos desistir! Glória à Ucrânia", escreveu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários