Mbappé
Divulgação
Mbappé

O golaço de Mbappé já nos acréscimos do confronto entre Real Madrid e PSG (1 a 0 para os parisientes), pelas oitavas da Champions League, na última terça-feira, foi um capítulo significativo na relação entre o jogador e os clubes francês e espanhol.

Sem acordo de renovação com o PSG e alvo número 1 do Real Madrid, o jogador voltou a lembrar ao mundo por que é tão disputado no mercado, atraindo interesse até do presidente da França, segundo o jornal "El Mundo".

O periódico publicou nesta quinta-feira uma crônica com os bastidores do badalado duelo europeu, com foco na ainda existente esperança dos parisienses de renovar seu vínculo, que se encerra no fim da atual temporada. Segundo o "El Mundo", o atual presidente da França, Emmanuel Macron, bem como o ex-presidente Nicolas Sarkozy têm ajudado a intermediar conversas para uma possível mudança de ideia do camisa 7.

"O próprio Macron, presidente da França, se interessou pelo caso, tentando animar o protagonista a continuar no clube. Fez com que isso chegasse diretamente a ele. Outro de seus antecessores, Nicolas Sarkozy, também intermediou", diz trecho da reportagem, que indica um bom relacionamento entre Sarkozy e figuras poderosas do Qatar, incluindo os donos do PSG. O ex-presidente teria sido figura importante nos bastidores para que o país pudesse organizar a Copa do Mundo deste ano. Macron é torcedor do Olympique de Marselha, enquanto Sarkozy é fanático pelo PSG.

O clube do Parque dos Príncipes segue tentando convencer Mbappé a mudar da ideia, mas seu destino deve ser mesmo o Santiago Bernabéu, depois de ofertas na casa dos 170 milhões de euros do Real Madrid serem recusadas pelo PSG. O jogador não fala diretamente sobre o assunto, mas já ressaltou a vontade de mudar de ares e deu declaração significativa antes do confronto.

— Jogar contra o Real Madrid muda muitas coisas. Mesmo que eu tenha a liberdade de fazer o que quiser neste momento, não vou conversar com um rival ou fazer algo assim. Estou concentrado em ganhar do Real Madrid. Aí sim, veremos o que acontece — disse à Amazon Prime Video.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários