Mariano Andújar
Instagram
Mariano Andújar

Huracán e Estudiantes protagonizaram um empolgante confronto pela 2ª rodada do Campeonato Argentino. A equipe visitante venceu por 3 a 2, com gols de Fernando Zuqui, Mauro Boselli e Leandro Díaz.

Porém, a noite foi marcada por uma atitude terrível da torcida do Huracan. Ao término da partida, o goleiro "Pincha" Mariano Andújar , ex- Napoli , deixou o gol do Estudiantes e começou a distribuir insultos e socos contra os torcedores locais, com o alambrado no meio. 

Posteriormente, a atitude do goleiro, que foi vice-campeão do mundo com a Argentina, foi justificada. Por meio do seu Instagram, ele explicou que a revolta se deu porque os torcedores rivais debocharam da morte do seu pai, ocorrida em 2011.

"Quatro pessoas ao longo da segunda parte gritaram barbaridades sobre o meu falecido pai, com conhecimentos e dados de momentos específicos da sua vida. Há limites que não devem ser ultrapassados. A esses não peço desculpas", escreveu Andújar em sua publicação.

Leia Também

O goleiro ainda continuou. "Às vezes perdemos de vista o fato de que além de sermos profissionais do esporte também somos pessoas de carne e osso. E embora 'a cultura do futebol' leve a justificar e tomar como normal muitas situações vividas num estádio, acredito firmemente que deveria haver um limite", apontou.

Apesar de tudo, o goleiro pediu desculpas por seus atos.

"Não vou me justificar, porque minha reação foi inadequada. Por isso ontem pedi desculpas ao presidente do Huracan, da mesma forma que fiz com o dos Estudantes. Só tenho palavras de agradecimento ao Huracán, clube onde estive dos 7 aos 21 anos, nunca tive uma declaração contra o clube, mas em todos os jogos que fui ao Ducó nunca entendi bem porque havia tanto muita raiva de mim", concluiu.

Para este episódio, promotores da Cidade de Buenos Aires entraram com uma ação contra Mariano Andújar. O árbitro Jorge Baliño, porém, não incluiu essa situação em seu relatório de jogo. Além disso, o goleiro foi pedir desculpas ao juiz no vestiário.

** Thiago Martinez, o Turco, é editor de Esportes no iG. Jornalista desde 2005, tem experiência de 12 anos em redações de jornais e revistas segmentadas. É integrante do canal de YouTube Podcastimão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários