Bruno Carvalho
Instagram
Bruno Carvalho

Ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho deixou o reality "Big Brother: Famosos 4", edição portuguesa do programa, neste final de semana e esbravejou após descobrir que foi alvo de denúncia ao Ministério Público por "comportamento ameaçador" dentro da casa.

A acusação tem como base imagens do ex-dirigente e DJ lidando com Liliana, participante com quem manteve um relacionamento dentro do programa.

A denúncia foi da "Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG)", órgão nacional de Portugual. "No cumprimento das suas competências, a CIG notificou a TVI no sentido de que esta estação televisiva tome de imediato as necessárias diligencias no sentido de pôr termo a esta situação, suscetível de configurar a prática de crime público de violência doméstica, na forma psicológica e física", diz comunicado à imprensa.

Eliminado com 53% dos votos, Caravalho, de 49 anos, voltou ao Twitter (em conta apontada pela imprensa portuguesa como oficial) e fez uma série de acusações ao programa e até a Ana Garcia Martins (conhecida pelo nome de seu blog, "A pipoca mais doce") e Flávio Furtado, que comentam o programa na emissora "TVI".

"Pipoca e Flávio vão para a pqp!!! Com amor!!!", escreveu em seu segundo tuíte fora da casa. O empresário agradeceu as mensagens recebidas e até republicou alguns vídeos de apoio. Também pregou respeito a Liliana e prometeu não falar mais sobre ela antes de conversarem.  

O programa tem ainda a participação do ex-atacante brasileiro Jardel (veja galeria acima) , famoso por sua passagem pelo Porto. O brasileiro é um dos seis participantes restantes na casa. Na segunda-feira, o ex-jogador soube do falecimento de sua mãe, Maria de Fatima Almeida Ribeiro. Abalado, optou por seguir no programa e foi amparado pelos colegas de reality.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários