Villas-Boas rejeitou ofertas de clubes
Instagram
Villas-Boas rejeitou ofertas de clubes

Sem clube desde que deixou o comando do Olympique de Marseille em fevereiro de 2021, o técnico André Villas-Boas (veja fotos na galeria abaixo) abriu o jogo sobre o seu futuro e revelou que recebeu propostas para assumir clubes, mas que foram recusadas por conta de seu sonho de treinar uma seleção.

O treinador português, que foi cotado no Corinthians, revelou que gostaria de estar na Copa do Mundo do Catar, mas que a proximidade com o Mundial dificulta as oportunidades.

"Ainda aguardo pela oportunidade de voltar a treinar. Sempre disse que não quero ter uma longa carreira de treinador. Já tenho 12 anos cumpridos e gostaria que fossem 15. Restam-me três anos. Agora estou mais interessado em treinar uma  seleção nacional, mas este mercado é mais fechado e torna-se mais difícil de encontrar uma oportunidade. Recebi muitas propostas de vários clubes, mas rejeitei todas porque quero trabalhar com uma seleção. Gostaria de estar no Mundial do Qatar, mas é difícil porque as seleções já estão mais ou menos formadas, até no que diz respeito às equipes técnicas", afirmou o treinador português em declarações ao portal russo 'Championat'

Carreira

André Villas-Boas, de 44 anos, soma 353 jogos como treinador, com 211 vitórias, 74 empates e apenas 68 derrotas. Ele coleciona passagens por Chelsea, Zenit, Shangai SIPG, Porto e Tottenham, além do Olympique.

** Felipe Silva é repórter de esportes do iG e autor da coluna Fora o Baile. Tem experiência em redações de jornais impressos e rádios de São Paulo, com passagens pelo Diário de Suzano, O Novo, Rede Contínua e DataFoot.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários