Cristina Vita Aranda
Instagram
Cristina Vita Aranda

Ao menos duas pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas em um tiroteio durante o festival de música Ja'umina Fest em San Bernardino, no Paraguai, neste domingo.

Uma das vítimas foi identificada como a influenciadora Cristina "Vita" Aranda, ex-mulher do jogador de futebol paraguaio Iván Torres, que atua pelo Olimpia, tem passagem pela seleção do seu país e quase acertou com o Fortaleza na última temporada.

A modelo e personal trainer com mais de 400 mil seguidores nas redes sociais, foi atingida por um tiro na cabeça, chegou a ser levada para um hospital, mas não resistiu. O casal anunciou a separação em dezembro, após dez anos de relacionamento e três filhos, mas a imprensa local especulava uma reconciliação após serem vistos juntos em um evento recente.

A outra vítima fatal é um homem identificado como Marcos Inácio Rojas Mora. Ele já foi encontrado morto no anfiteatro José Assunção Flores. Segundo a emissora paraguaia ABC, os demais feridos estão internados em unidades de saúde com estado de saúde estável.

Leia Também

— No início, pensamos que eram fogos de artifício Mas então vi uma debandada de pessoas tentando sair. Para entrar no show pediram o cartão de vacinação. Minha amiga não trouxe, mas mesmo assim entrou. Não revistaram a nossa bolsa. Não verificaram nada — disse uma testemunha que não quis ser identificada.

Em nota, a Polícia Nacional do Paraguai informou que atuou no local em parceria com o Ministério Público, agentes de criminalística e medicina forence e que abriu uma investigação para identificar os autores e a motivação dos disparos.

"Lamentamos profundamente a perda de vidas nestas circunstâncias", encerra o comunicado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários