Cristiano Ronaldo e Messi prejudicaram suas equipes com finalizações, diz estudo
Montagem/Reprodução/Instagram
Cristiano Ronaldo e Messi prejudicaram suas equipes com finalizações, diz estudo

As contratações de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo (veja fotos na galeria abaixo) pelo Paris Saint-Germain e Manchester United, respectivamente, prometeram mais do que acabaram assumindo. O craque português tem dificuldades com a sua nova equipe, enquanto o argentino ainda não encontrou a sua melhor forma.


Segundo os dados produzidos pela empresa de inteligência artificial 'Olocip', Messi e Cristiano Ronaldo estão entre os 20 jogadores que mais prejudicaram as suas equipes com finalizações, apenas contabilizando o desempenho em competições nacionais.

A Olocip define a finalização como "a diferença entre a probabilidade de o chute terminar em gol e o resultado do chute”, de tal forma que "o seu valor acumulado determina o número de gols que foram alcançados (se for positivo) ou perdido (se negativo) em relação ao número de gols que se espera que tenham sido marcados".


Levando em conta esses parâmetros (gols em torneios nacionais), as estatísticas de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo até agora nesta temporada seriam reduzidas para 1 gol em 12 jogos da Ligue 1, no caso do craque argentino, e 8 gols em 18 jogos na Premier League para CR7.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários