Cristiano e Georgina
Instagram
Cristiano e Georgina

Na quinta-feira, 27 de janeiro, chega à Netflix o tão esperado documentário de Georgina Rodríguez no qual ela pretende mostrar aspectos desconhecidos de sua vida.

No entanto, há poucos dias da estreia, o tablóide britânico The Sun recolhe declarações de Jesús, tio da modelo, que a atacou e afirmou se tratar de uma mulher "má".

“Ela pode ficar envergonhada e se considerar melhor do que nós porque não vivemos com os mesmos luxos. Mas nunca lhe pedi nada. Ela só nos ligou uma ou duas vezes desde que veio à tona que ela estava namorando Cristiano Ronaldo", garantiu o irmão da mãe de Georgina.

De acordo com seu depoimento, ele era o responsável pela criação da jovem quando seu pai Jorge foi preso e transferido para o presídio por tráfico de drogas. “Eu era responsável por sustentar Georgina e sua irmã, comprando roupas para elas, pagando luz e água. Eu fiz tudo. Georgina viveu comigo durante a adolescência até o dia em que meu cunhado foi enviado de volta ao seu país", apontou.

Leia Também

Jorge foi extraditado para a Argentina e morou em Buenos Aires até sua morte em 2019: “Ninguém nos disse que Jorge havia morrido, não sei por que Georgina não nos contou. Tentei me comunicar com ela. Escrevi no Facebook de Cristiano Ronaldo: 'Tens a mulher mais malvada ao teu lado' e 'Se quiseres saber mais, contacta-me e eu digo-te'”, afirmou.

A esposa de Jesus, Lídia, também falou sobre a modelo. “Parece que ele mudou de número. Agora o mundo inteiro vai descobrir que canalha ela é. Nunca liguei para Cristiano ou Georgina. Estou honestamente trabalhando e puxando para a frente minha casa e da minha família", apontou.

Segundo o The Sun, quase nada disso aparecerá no documentário porque Georgina prefere não falar publicamente sobre a sua família. “Ela expressou publicamente seu amor por sua irmã mais velha Ivana, mas a maioria de seus fãs não sabe nada sobre o resto da família. Certamente veremos o que Georgina quer que os fãs vejam, não a verdadeira Georgina com todas as suas falhas", apontou o tabloide inglês.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários