Jogadores do Ovarense sofrem tentativa de homicídio
Divulgação/Ovarense
Jogadores do Ovarense sofrem tentativa de homicídio

Dois jogadores brasileiros do Ovarense, time português, foram alvos de uma tentativa de homicídio na madrugada de segunda-feira (3). A residência dos atletas no país europeu foi invadida por um grupo de indivíduos que atentaram contra a integridade física dos presentes no local.

(Veja na galeria abaixo fotos do time português)


O caso foi denunciado nesta terça-feira pela ‘Brasil Soccer Academy’, empresa brasileira que agencia vários jogadores do elenco do time português. Em nota, eles relatam os momentos de tensão que os atletas passaram nas mãos dos indivíduos.

"É com imensa tristeza e indignação que estamos vindo a público falar sobre o fato criminoso ocorrido com nossos atletas na madrugada desta segunda-feira (03). No meio da madrugada, a residência dos nossos atletas em Ovar, distrito de Aveiro, foi invadida por marginais, que depredaram a casa, quebraram o mobiliário e atentaram contra a vida dos jogadores, com tentativa de homicídio. Uma quadrilha, composta por meliantes locais, já conhecidos pelas autoridades, entraram na casa, armados com facas, barras de ferro e outros tipos de armas brancas, e atentaram contra a vida dos que estavam no local, sob gritos de "vão morrer Brasileiros", "macacos" entre outros insultos", disse em comunicado.

“O pior não ocorreu, pois nossos atletas conseguiram fugir e se esconderam ao longo da noite nas matas, só saindo ao amanhecer. Mais chocante de tudo é que alguns dos envolvidos, se dizem torcedores do clube pelo qual nossos atletas defendem na cidade. Para nós, esses elementos não são adeptos, são bandidos travestidos, pois torcedores amam o clube, torcem pelos seus jogadores e apoiam a equipe, assim como vemos nas arquibancadas ao longo da temporada. Essa minoria, não representa a instituição, muito menos são torcedores são marginais e bandidos, que mancham a história e a glória centenária deste clube”.

Leia Também

Segundo veículos de imprensa locais, o ataque denunciado poderá estar relacionado com motivos passionais de um ou mais jogadores da Ovarense. A Polícia de Segurança Pública deslocou-se à habitação e tomou conta da ocorrência.

Leia Também

O Ovarense se pronunciou sobre o caso. A equipe manifestou apoio aos atletas e seus representantes e espera que a justiça seja feita sobre o ocorrido:

"Na madruga desta segunda-feira, uma residência de dois atletas da Associação Desportiva Ovarense foi invadida por um grupo de indivíduos que atentaram contra a integridade física de todos os aqui ali habitam. Não se tratando de um assalto, esta intimidação organizada teria como alvo um dos residentes deste espaço.

Remetendo os detalhes dos acontecimentos para as entidades devidas, este comunicado serve, em primeiro lugar, para manifestar o nosso total apoio a atletas e seus representantes. Por outro lado, tendo vindo a público que durante este incidente alguns dos envolvidos ter-se-iam declarado torcedores da Associação Desportiva Ovarense, é nossa intenção reforçar que todos e todas que pratiquem atos racistas, xenófobos ou discriminatórios jamais terão as portas do nosso clube abertas. Mais do que simplesmente nos demarcarmos de indivíduos que não poderão nunca, sob este cenário, reclamar para si a condição de nossos torcedores, enquanto instituição queremos participar e ser uma voz ativa no combate a todo o tipo de episódios desta natureza.

Permanecemos ao lado dos nossos atletas, dos seus familiares e amigos, e esperamos que seja feita justiça de forma tão célere quanto possível".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários