Palmeiras x Flamengo - final
Divulgação/Palmeiras
Palmeiras x Flamengo - final


A América é verde! O sonho do tri da Libertadores para o Flamengo ficou para o ano que vem. Em Montevidéu, o Rubro-Negro foi superado pelo Palmeiras. Após sair atrás do placar, a equipe de Renato Gaúcho buscou o empate. No entanto, na prorrogação, Deyverson foi o herói do título do Verdão. Com o resultado de 2 a 1, a equipe paulista se sagrou tricampeão da Libertadores.

(Veja na galeria abaixo fotos da decisão)


A partida em Montevidéu começou bastante agitada com as duas equipes buscando o jogo. Porém, aos cinco minutos, o Palmeiras abriu o placar. Gustavo Gómez lançou Mike, o lateral alviverde foi na linha de fundo e cruzou na medida para Raphael Veiga, que finalizou, sem chances de defesa para Diego Alves.

Na frente do placar, o Palmeiras passou a se posicionar de forma mais recuada. O Flamengo tinha a bola, mas não conseguia impor o seu ritmo. Jogador mais inspirado em campo, Arrascaeta descolou levantamento para Gabigol, que cabeceou para fora, assustando o goleiro Weverton.

Aos 30 minutos, o Flamengo teve um problema físico e Renato Gaúcho precisou fazer uma substituição. O lateral-esquerdo Filipe Luís sofreu uma lesão e acabou sendo substituído por Renê. 

O Flamengo não conseguia se impor e tinha dificuldades para ameaçar o Palmeiras. No entanto, aos 42 minutos, o clube carioca teve uma grande oportunidade. Gabigol levantou a bola, Bruno Henrique ganhou de cabeça e Arrascaeta finalizou para bela defesa de Weverton.

O segundo tempo começou com o Flamengo chegando bem perto do empate. Com apenas um minuto, a defesa do Palmeiras deu bobeira e Gabigol disparou, porém, na hora da finalização, o artilheiro acabou se enrolando. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, David Luiz cabeceou e a bola passou raspando a trave de Weverton.

Aos sete minutos, o Palmeiras voltou a assustar o Flamengo. Rony recebeu em boas condições e finalizou, o goleiro Diego Alves apareceu bem e fez grande defesa. No escanteio, novamente, o Verdão assustou, mas Arão afastou a bola.

Aos 10 minutos, o Flamengo chegou novamente. Após levantamento para a área, a defesa do Palmeiras falhou e David Luiz saiu na cara de Weverton, porém, o goleiro do Verdão saiu bem e impediu o empate rubro-negro. Quatro minutos depois, nova chance para o clube carioca. Bruno Henrique cabeceou após cobrança de escanteio de Andréas Pereira, a bola passou raspando o gol do clube paulista.

Leia Também

A0s 17 minutos, os pedidos dos torcedores do Flamengo foram atendidos. Everton Ribeiro foi substituído por Michael para dar mais fôlego ofensivo para os cariocas. Aos 25 minutos, o Palmeiras voltou a chegar com perigo. Em bom contra-ataque, Patrick de Paula achou Dudu, que finalizou a bola para fora do gol.

No lance seguinte, o Flamengo chegou ao empate. Arrascaeta achou bem Gabigol e o atacante do Flamengo finalizou para o fundo das redes, sem chances de defesa para o goleiro Weverton. O empate do clube carioca fez a partida ganhar contornos de tensão e os dois técnicos fizeram alterações. A partida ficou mais pegada.

Com o jogo truncado, as chances acabaram diminuindo. Aos 40 minutos, o Flamengo quase virou o jogo. Após lançamento pela direita, Michael saiu na cara de Weverton, mas acabou finalizando para fora. No entanto, nenhuma das duas equipes conseguiu criar mais nada e a partida acabou indo para a prorrogação.

Prorrogação

A prorrogação começou com uma mudança de Abel Ferreira. Deyverson entrou na vaga de Raphael Veiga. E com dois minutos, o atacante aproveitou uma falha inacreditável de Andréas Pereira e tocou na saída de Diego Alves para fazer o segundo para os paulistas.


O Flamengo porém não desistiu e foi para a luta. Aos seis minutos, após boa jogada pela esquerda, Gabigol recebeu e finalizou para fora, assustando o goleiro do Palmeiras, Weverton. O Rubro-Negro demonstrava nervosismo e não conseguiu criar nenhuma oportunidade no primeiro tempo da prorrogação.

Em busca da reação, Renato Gaúcho colocou Vitinho e Pedro nos lugares de Arrascaeta e Andréas Pereira. O Flamengo seguia sem conseguir criar nada de muito importante. Aos dez minutos, a primeira finalização, Kenedy arriscou de fora da área e a bola passou longe do gol de Weverton. Um minuto depois, Pedro girou bem para cima da defesa do Palmeiras e acabou chutando para fora. 

O último lance da partida foi um escanteio para o Flamengo. Porém, a defesa do Palmeiras conseguiu afastar o perigo e segurar o placar que lhe assegurou o terceiro título da Libertadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários