Salah
Instagram
Salah

Mohamed Salah desembarcou na Europa em 2012 vindo do Egito, após chamar a atenção do FC Basel do campeonato suíço. Jogou no Chelsea e depois na Fiorentina, mas foi só na sua chegada a Roma, em 2015, que o mundo percebeu que o seu talento era único.

Após duas temporadas no clube italiano, o Liverpool o recuperou para a Premier League, onde ele alcançou importante reconhecimento pessoal e os títulos mais importantes da carreira. Mas, além de sua habilidade de jogar futebol, ele conseguiu brilhar graças à questão física.

Nos últimos tempos, o futebolista egípcio compartilha regularmente imagens em que se pode constatar que mantém um físico invejável, mas seu segredo também tem muito a ver com sua alimentação e sua ética de trabalho.

“A nutrição é muito importante, faz parte do jogo. Tem ajudado na minha recuperação, tem permitido dormir melhor e tem ajudado meu corpo a se adaptar mais rápido. Minha nutricionista diz que, como eu não tenho gordura no corpo, posso comer o que como. Eu também não bebo, então está tudo bem", disse o egípcio à CNN.

Leia Também

Ele também compartilhou alguns dos seus alimentos diários, como lácteos, legumes, todo tipo de verduras, frutas e frango.

Mesmo nesse controle alimentar, ele reconheceu que, de vez em quando, se permite um capricho e que também aprecia seu prato preferido: um especialidade chamada kushari, feita de arroz, macarrão e lentilha, e coberta com tomate, grão de bico e cebola.

Mas, além de comer, Salah desenvolveu uma obsessão crescente por exercícios. Se não está treinando com o Liverpool, faz sessões adicionais de musculação, pliometria, ioga, natação e exercícios de alongamento.

Portanto, não é de se estranhar que desde que chegou à Europa sua condição física tenha melhorado gradativamente, embora sua transformação tenha sido mais evidente nos últimos três ou quatro anos. A dieta e os exercícios físicos estão valendo a pena e Salah é hoje um jogador muito mais definido e poderoso com a mesma classe de sempre. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários