Ronaldinho
Divulgação
Ronaldinho

O craque Ronaldinho Gaúcho deu uma longa entrevista para o Diário argentino Olé e falou sobre vários assuntos, entre eles, a sua relação com Lionel Messi desde a estreia no Barcelona, a devoção por Maradona e a morte da sua mãe.

“Não é nada fácil, mas você tem que seguir em frente, buscar forças e seguir em frente. As coisas são assim. O que me deixa tranquilo é que ela viveu e viveu muito bem. Agora é seguir em frente e ficar na memória com todos as coisas que ela fez e deixou", desabafou ele sobre  a morte da matriarca, por conta da Covid-19.

O jogador também falou sobre assuntos do futebol e lembrou o orgulho que tem de ter participado ativamente do início da carreira de Messi.

"Com o Leo temos uma amizade muito boa, muito bonita e verdadeira. Desde o início sempre fomos o que somos, sem inventar nada. Somos amigos, não apenas companheiros de futebol. Às vezes ficamos muito tempo sem estarmos próximos um do outro, então quando nos encontramos é um sentimento de grande alegria. Encheu-me de alegria o primeiro gol da carreira dele. Felizmente o passe saiu do meu pé", diz.

Por fim, o brasileiro confirmou que tem em Maradona o seu grande ídolo. “Ele era um grande amigo. Uma das pessoas mais importantes para a minha carreira no futebol. Maradona sempre foi um ídolo na minha casa. Primeiro ele foi o ídolo do meu irmão, ou seja, Maradona foi o ídolo do meu ídolo. Cresci assistindo Diego. Virei fã e tive a oportunidade de estar com ele muitas vezes. Éramos amigos e sempre foi um prazer estar com ele", comentou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários