Jogadores do West Ham celebram gol
Reprodução/Twitter
Jogadores do West Ham celebram gol

O Reino Unido continua atraindo o interesse de bilionários empresários dispostos a investir na Premier League. Daniel Kretinsky é o magnata da vez disposto a adquirir parte do West Ham (confira galeria de fotos abaixo) . De acordo com a imprensa britânica, o empresário tcheco negocia a compra de 27% das ações do clube pelo valor de 600 milhões de libras, cerca de R$ 4,85 bilhões na cotação atual.


A tendência é de que o martelo sobre a venda seja batido nos próximos dias, segundo a apuração da emissora 'Sky News' e o jornal 'Telegraph'. A bombástica transação acontece poucos dias depois da compra do Newcastle por um fundo de investimentos da Arábia Saudita, por cerca de R$ 2,2 bilhões. Na próxima janela, o investimento em reforços pode chegar a R$ 1,5 bilhão.

Candidato a 'novo rico' na Inglaterra, o West Ham tem como proprietários os empresários David Sullivan e David Gold. Acionistas majoritários do West Ham, eles detêm 80% das ações do clube. Com uma fortina avaliada em US$ 4 bilhões, cerca de R$ 23 bilhões, Kretinsky é presidente e dono do Sparta Praga e possui investimentos no Reino Unido e na França.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários