Conmebol rejeita proposta de Copa do Mundo a cada dois anos
Divulgação/Fifa.com
Conmebol rejeita proposta de Copa do Mundo a cada dois anos

A Conmebol emitiu um comunicado público rejeitando a proposta da Fifa — que tem Gianni Infantino, presidente da entidade como seu maior fiador — de realizar a Copa do Mundo a cada dois anos. A decisão da Conmebol foi tomada hoje durante uma reunião do conselho da Confederação, em Luque, no Paraguai.


De acordo com a nota, “não há motivos, benefícios ou justificativas para a mudança”. E que “diante disso, os dez países que integram a CONMEBOL confirmam que não participarão de uma Copa do Mundo organizada a cada dois anos”.

O comunicado também afirma que “o projeto em questão dá as costas aos quase 100 anos de tradição do futebol mundial, ignorando a história de um dos eventos esportivos mais importantes do planeta”. E finaliza dizendo que a Conmebol “apoia a Copa do Mundo em vigor, com seus termos e sistemas de classificação, porque tem se mostrado um modelo de sucesso, baseado na excelência esportiva e que premia esforço, talento e trabalho planejado”.

Na última semana o presidente da Fifa esteve na América do Sul e visitou cinco países para tentar conseguir apoio a Copa do Mundo a cada dois anos. Ele chegou a incentivar uma candidatura conjunta de Argentina e Chile para sediarem a competição em 2030.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários