Anaïs Demoustier
Reprodução
Anaïs Demoustier

Após não atuar na Champions League , o brasileiro Neymar deve ser reforço do PSG para o clássico do próximo domingo, contra o Olympique de Marseille, pelo campeonato francês.

Porém, enquanto não se destaca novamente em campo, o brasileiro vem chamando a atenção fora dele. Após homenagear a ex-namorada Carol Dantas, por conta do seu aniversário , o brasileiro, que supostamente está namorando a modelo Bruna Biancardi , recebeu elogios da aclamada atriz francesa Anaïs Demoustier.

Em uma longa entrevista à revista francesa Madame Figaro, publicação com foco nas mulheres, ela falou sobre a sua carreira no cinema e também fez elogios às diferentes belezas de alguns homens e mulheres. 

"Quando penso na beleza pura das atrizes, penso em Penélope Cruz, Marine Vacth e Golshifteh Farahani. Mulheres que são o oposto do que eu sou (risos)! São belezas poderosas, que fazem todos concordar. Percebo que as mulheres que acho belas têm algo de selvagem, quase animal. No que diz respeito aos homens, fico presa ao Leonardo DiCaprio, no Titanic. Apesar da sua franqueza e frescura no filme, dava parar sentir nele uma grande virilidade. Caso contrário, eu diria que o tenista Stéfanos Tsitsipás é um apolo, uma estátua grega que poderia ser exibida em Roma. E, em um gênero diferente, associo Neymar a um leopardo. O acho sublime e ele é fisicamente o meu ídolo", apontou.

Leia Também

Anaïs nasceu na cidade de Lille e, a convite do amigo e roteirista Alexandre Jaffray, estreou no cinema no filme "Le Monde de Marty", de Denis Bardiau. Em seguida protagonizou o longa "O Tempo do Lobo", de Michael Haneke.

Porém, alcançou a fama em "Les grandes personnes", de Anna Novion, e "D'amour et d'eau fraîche", de Isabelle Czajka. Anaïs também ficou conhecida por suas atuações em "Elles", de Malgorzata Szumowska; "Uma Nova Amiga", de François Ozon; e "A Três Vamos Lá", de Jérôme Bonelli.

No entanto, foi com "Alice et le madre" que se estabeleceu, ao ganhar o prêmio de melhor atriz na França. Ela foi casada e tem uma filha com o ator e diretor francês Jeremiah Elkaïm, que conheceu nas filmagens de "Marguerite e Julien", porém, se separou recentemente.

Ele, inclusive, foi visto nas arquibancadas do tradicional torneio de tênis, Roland Garros, ao lado da atriz Valentine Catzéflis, com quem fez o filme "Indesejável". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários