Brasil x Argentina
Divulgação
Brasil x Argentina


Próximo de completar dois meses da vexatória partida envolvendo Brasil e Argentina (veja galeria de fotos abaixo) , na Neo Química Arena, que acabou sendo suspensa após interferência da Anvisa, Gianni Infantino, presidente da FIFA, falou sobre o episódio.


Em visita ao país vizinho, o suíço-italiano contou que o que aconteceu naquele encontro, válido pela sexta rodada das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022, segue pendente.

"É um caso que está pendente na condição disciplinar da FIFA. Os órgãos são independentes e respondem em função das regras. O que ocorreu não pode passar em branco", afirmou.

Leia Também

Relembre o caso

A Anvisa interrompeu a partida entre Brasil e Argentina, que acontecia na Neo Química Arena, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Aos quatro minutos de jogo, funcionários da Agência ingressaram em campo e forçaram a paralisação da partida por conta de quatros jogadores argentinos, que entraram no Brasil sem cumprir o período de quarentena.

Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero entraram de forma irregular no país, pois não informaram que estiveram no Reino Unido antes. Os atletas, portanto, deveriam ter cumprido quarentena e não o fizeram.

No momento, o Brasil segue na liderança das Eliminatórias, com 31 pontos, enquanto a Argentina, vice-líder, tem 25.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários