Emiliano Sala
Divulgação
Emiliano Sala


Próximo de completar três anos da morte trágica do argentino Emiliano Sala (veja galeria de fotos abaixo) , o caso sobre a queda de avião segue tendo novos capítulos. Nesta segunda-feira (18), na cidade de Cardiff, no País de Gales, David Henderson, de 66 anos, se declarou culpado pelo acidente aéreo que transportava o atleta.


Além de Emiliano Sala, o piloto David Ibbotson também não resistiu ao acidente, no Canal da Mancha, em janeiro de 2019. O corpo do argentino foi encontrado na carcaça do avião duas semana após o episódio, a uma profundidade de 67 metros. O do piloto de 59 anos, entretanto, nunca mais foi visto.

Leia Também

O Air Accident Investigations Branch (AAIB) informou que o avião perdeu monóxido de carbono durante o voo e uma manobra final do piloto fez com que o avião quebrasse no ar.

O argentino, que sairia de Nantes para atual pelo Cardiff City, marcou 110 gols em 282 partidas em sua carreira. No futebol francês, além do clube citado, ele atuou por Caen, Bordeaux, Chamois Niortais e US Orléans.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários