Paul Merson
Instagram
Paul Merson

Paul Merson, lendário jogador da Premier League, do Arsenal, abriu seu coração e falou sobre os tempos difíceis e sombrios que viveu nos últimos anos, devido ao seu vício em álcool, drogas e jogos de azar.

Aos 53 anos, ele, que atuou em 21 partidas pela seleção inglesa, apostou todas as economias e a própria casa, agora os parentes que tem que lhe dar algum tipo de pagamento para poder viver. "Pensei: 'Só quero me matar. Como você fez isso? Como pôde tirar as economias dos seus filhos? Na semana seguinte, eu olhava para as crianças e me odiava muito", confessou ele, no programa "Football, Gambling $ Me", que vai ao ar nessa semana no Reino Unido.

No total, ele calculou que o valor que gastou no seu vício foi de mais de 7 milhões de euros, ou seja, R$ 44 milhões (na cotação atual). "Perdi tudo. Casas, carros, casamentos, toda a minha pensão e meu respeito próprio", apontou.

O jogador também relembrou suas orações a Deus em seus piores momentos, o bilhete que escreveu lutando contra seus demônios e também o difícil momento da pandemia. "Preciso parar de jogar. Amo minha esposa e filhos e estou muito feliz com eles. Quando estive em Orlando com minha esposa e dois filhos pequenos, fui o mais feliz em anos porque não estava jogando. Odeio eu mesmo quando jogo. Por favor, Deus me ajude. Eu tenho que pagar a todos e conseguir uma casa para minha esposa e filhos. Deus me ajude", disse ele em sua carta.

Sobre o período de quarentena, por conta do coronavírus, Merson pensou que ficaria preso para sempre. “Ficar trancado era assustador. O vício fala com você Algo como: 'Não vamos sair disso. Ficaremos trancados para sempre", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários