Emerson Royal
Reprodução/Instagram
Emerson Royal


Negociado pelo  Barcelona com o Tottenham na reta final da janela de transferências, o lateral-direito Emerson Royal (veja galeria abaixo) afirmou que não foi bem tratado pelo clube catalão. De acordo com o brasileiro, a intenção da equipe era negociá-lo rapidamente para um lucro.


- Quando cheguei estava seguro de que o Barcelona não queria me vender, mas vendo o que aconteceu, tenho certeza de que quando me contrataram já tinham em mente a ideia de venda. Não me senti usado, mas me doeu a forma. Poderia ter sido de outra maneira. Há formas melhores de resolver as coisas - disse o jogador ao jornal "Marca".

Emerson chegou ao Barcelona nesta temporada, depois de deixar o Real Betis, clube que defendia desde 2019. Quando o ala desembarcou em Sevilha, os catalães firmaram um acordo de preferência de compra para o futuro, o que aconteceu na última janela, por 9 milhões de euros (R$ 54 milhões).

- Eu estava no Betis e tinha claro que ao final da temporada iria para o Barcelona. Assim estava estipulado no meu contrato. Escutava notícias de que outros clubes da Espanha e do exterior estavam interessados, mas sabia que por contrato iria ao Barça - disse Emerson.

- Pensava que o clube queria que eu ficasse. Encontrei com os dirigentes e me disseram que a situação não era boa, e que o melhor para eles era vender. Repeti para eles que minha intenção era ficar, porque meu sonho era jogar aqui e conquistar títulos pelo Barcelona. Sabia que estava na melhor forma e que iria triunfar. Mas sou ligado, e chegou um momento em que me dei conta que estavam dizendo que fosse embora sim ou sim - completou o atleta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários