Chicharito
AP Photo/Paul White
Chicharito

O jogador Javier ‘Chicharito’ Hernández foi denunciado nos Estados Unidos por sua ex-esposa, a modelo Sarah Kohan.

Segundo autos obtidos pelo site TMZ, a australiana acusa o jogador do LA Galaxy de ser um “pai ausente” e “irresponsável”.

Essas acusações fazem parte do processo de divórcio que Kohan abriu em fevereiro de 2021, após a separação do jogador de futebol mexicano. Nesses documentos, a modelo destaca que, desde o rompimento romântico, o jogador de 33 anos "não participa da educação diária de seus dois filhos menores", Noah, 2, e Nala, que em breve fará um ano.

(Veja na galeria abaixo fotos da modelo Sarah Kohan)

Você viu?

Da mesma forma, a ex-esposa revela que o jogador colocou seus filhos em perigo ao se recusar a instalar uma cerca ao redor de sua piscina, já que romperia com a "estética" da casa.

Segundo Kohan nos documentos, Javier ganha um salário de oito milhões de dólares por ano, assim, cobra cerca de cem mil dólares por mês para o sustento de seus dois filhos. Se recusar, Chicharito será obrigado a visitar o tribunal nos próximos meses.

Embora a separação entre jogador e modelo tenha se tornado bastante complicada, a verdade é que o problema ainda está longe de terminar. Além das denúncias já mencionadas, Sarah Kohan afirma que Hernández "ainda acredita que pode deitar-se na cama sem ser convidado".

“Ele ignora o fato de que eles estão separados e acredita que ele pode ir para a cama (de Kohan) com ela e ir para debaixo das cobertas sem o consentimento dela”, diz parte do documento.

Até o momento, o jogador mexicano não se manifestou a respeito.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários