Riquelme e Messi
Reprodução
Riquelme e Messi

O meia Juan Román Riquelme, ídolo do Boca Juniors e apontado como um dos maiores craques da última década, não fugiu as polêmicas do mundo do futebol, em entrevista exclusiva à ESPN Argentina.

De acordo com ele, a Argentina é a grande favorita para a conquista da Copa América, por um único motivo: Lionel Messi. "Enquanto o Messi estiver em campo, a Argentina é favorita para vencer a Copa América. Neymar é um gênio, mas Messi é Messi. Temos que ter fé", apontou ele, que hoje é dirigente do clube onde foi ídolo.

(Veja na galeria abaixo fotos da carreira de Riquelme)

Para se ter ideia da importância de Messi para a Argentina, no torneio continental, o craque participou de quase todos os gols de sua seleção. Ao todo, os Argentinos balançaram as rede sete vezes durante a primeira fase da competição sul-americana. Messi marcou três gols e deu duas assistências. Com isso, o percentual de participação do craque nos gols chega a 71%.

Até agora, dos quatro jogos da Argentina na fase classificatória, o único que não teve gol ou assistência de La Pulga foi na vitória por 1 a 0 sobre o Paraguai. Na ocasião, Di Maria serviu Papu Gómez para marcar.

A Argentina volta a campo pela Copa América no próximo sábado, contra o Equador, em Goiânia. Líder isolada do Grupo A com dez pontos, a seleção comandada por Messi tem uma campanha idêntica à do Brasil. Ao todo, são três vitórias e um empate para cada, mas a seleção de Tite fica à frente no número de gols: 10 a 7.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários