Maradona
Instagram
Maradona

A morte de Diego Armando Maradona em 25 de novembro de 2020 caiu como uma bomba no mundo do futebol, principalmente na Argentina. Porém, na Espanha ele ainda é muito lembrado.

Primeiro por seu tempo como jogador pelo Barcelona, antes de fazer sucesso na Napoli, da Itália, e depois por repetir a experiência, desta vez no Sevilla, na temporada 1992-1993.

(Veja na galeria abaixo fotos da casa onde morou Maradona)

Sua chegada à capital andaluza se deu quando estava para completar 32 anos. Nos primeiros dias, o argentino se hospedou no Hotel Andalusí Park, em Benacazón, para posteriormente se mudar para a urbanização exclusiva de Simón Verde.

Você viu?

É nesse local que foi colocada à venda o luxuoso imóvel em que o craque residia, que na época pertencia ao toureiro José Antonio Espartaco. Trata-se, conforme referido no anúncio, de um imóvel de três pisos remodelado em 2005, cujo preço para compra chega a 1,2 milhão de euros, ou seja, R$ 7,2 milhões (na cotação atual).

A villa conta com 1064m² construídos em um lote de 2236m². Além disso, tem cinco quartos, oito banheiros, tem três varandas no piso principal e dois terraços no piso superior, com grandes janelas viradas para a piscina e para o jardim. Há ainda uma vista privilegiada de Sevilha. 

Voltando de uma suspensão de 15 meses pelo uso de cocaína, Maradona chegou ao Sevilla afirmando que seria campeão nacional com a equipe. Por lá, encontrou o técnico Carlos Bilardo, homem que lhe guiou ao título da Copa do Mundo pela Argentina.

Apesar da empolgação de início, Maradona só fez 26 jogos pela equipe, anotou cinco gols e não conseguiu trazer o título prometido em seu desembarque.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários