Sterling chama atenção pelas tatuagens
Reprodução/Twitter
Sterling chama atenção pelas tatuagens

A Inglaterra derrotou a Alemanha por 2 a 0 e se classificou para as semifinais da Eurocopa.  Além da ótima atuação, marcando o gol que abriu o caminho para a vitória, Sterling foi destaque, novamente, pelas diversas tatuagens que carrega no corpo. Na transmissão do jogo pela TV Globo, o narrador Galvão Bueno destacou um dos desenhos na pele do jogador, no qual um menino, vestindo uma camisa de número 10, aparece junto a uma bola, admirando o estádio de Wembley, em Londres.

Sterling já havia sido alvo de comentários sobre as suas tatuagens em 2018, quando fotos de um fuzil (modelo M16) que tinha tatuado na perna tiveram grande repercução. Na época, em sua defesa, o jogador afirmou que se tratava de uma homenagem ao seu pai, que havia sido assassinado quando Sterling tinha apenas dois anos.

"Jamais tocaria em uma arma", se explicou o jogador, na ocasião.

Arma tatuada na perna de Sterling
Reprodução
Arma tatuada na perna de Sterling

Além dessas, Sterling ainda tem tatuagens nos braços (uma delas, uma torre com relógio, com as letras “KGN” logo acima, em referência à cidade de Kingston, capital da Jamaica, onde ele nasceu) e no peito (entre outras, um crucifixo centralizado e duas estrelas próximas às clavículas), entre diversas outras marcas.

Em entrevista à revista “GQ”, em 2019, ele contou que a maioria das suas tatuagens foi feita quando ele ainda era muito jovem, antes mesmo de completar 20 anos de idade.

"Se eu pudesse voltar, não teria nenhuma", confessou, admitindo, no entanto, que o hábito, para ele, era “viciante”. “Quando você começa, não consegue parar.”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários