Pogba
Reprodução
Pogba

Paul Pogba retirou uma garrafa de cerveja da bancada de onde participou de uma entrevista coletiva após a partida entre Alemanha e França pela Eurocopa na terça-feira. O gesto foi realizado um dia após o português Cristiano Ronaldo retirar garrafas de Coca-Cola que estavam próximas dele no mesmo local. Ronaldo ainda recomendou aos presentes: "bebam água".

Ao contrário do colega, o francês não fez nenhum comentário sobre o produto da Heineken e manteve as garrafas de refrigerante na mesma posição em que estavam quando chegou ao encontro com jornalistas. As duas marcas são patrocinadoras do evento esportivo.

A Coca-Cola comentou o gesto de CR7. A empresa afirmou que “todos têm direito a preferências em bebidas” e que as pessoas têm “gostos e necessidades” diferentes.

A atitude do português teve grande repercussão já que o atleta é conhecido pelo rigor na dieta, que não permite o consumo de sucos de frutas no café da manhã ou vinho no jantar. O jogador faz seis pequenas refeições ao longo do dia, que quase sempre incluem frutas, vegetais e proteínas leves, como frango e peixe, tudo preparado sem óleo.

Você viu?

Essa não foi a primeira vez que o astro da seleção portuguesa alfinetou a Coca-Cola. Quando recebeu o prêmio de melhor jogador do século pela pela Globe Soccer Awards, em dezembro, ele conversou com a imprensa sobre seu filho, Cristiano Junior, e deixou escapar que não gosta da bebida açucarada.

— Meu filho tem potencial. Vamos ver se ele se torna um grande jogador — comentou o atacante.

Em seguida, revelou sua maior dificuldade na educação do menino:

— Às vezes ele bebe Coca-Cola e come batatas fritas, e isso me irrita. Ele sabe disso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários