Pai de Lucas Torreira disse que recebeu ligações de clubes brasileiros
Instagram/Lucas Torreira
Pai de Lucas Torreira disse que recebeu ligações de clubes brasileiros

O volante do Atlético de Madrid, Lucas Torreira,  recebeu sondagens de clubes brasileiros. Ricardo Torreira, pai e empresário do atleta, falou que em uma possível volta do filho ao futebol sul-americano, o Boca Juniors é a prioridade, mas reclamou da demora da diretoria do clube argentino em dar andamento ao negócio e citou outros interessados na contratação do uruguaio.


- Lucas não conhece a Argentina, mas é torcedor do Boca desde quando era criança. Obviamente é a primeira opção dele, mas já recebi ligações de clubes brasileiros caso o Boca não aconteça – disse o pai em entrevista à rádio Continental, da Argentina.

Torreira parece estar com os dias contados no Atlético de Madrid. Em entrevista à “ESPN” argentina, o destaque do Uruguai na Copa do Mundo de 2018 disse que quer dar um 'novo rumo' na carreira, e citou o Boca Juniors como possível destino. O volante também contou que não quer mais atuar no futebol europeu, para que assim possa ficar perto de sua família, no Uruguai.

- Lucas está sofrendo muito para ficar sozinho lá na Europa, estamos vendo como podemos trazê-lo. Quando você perde uma pessoa como aconteceu conosco (Torreira perdeu a mãe no último mês), tão amada, você percebe que a vida é curta. Se Lucas quer vir para o Boca, que venha – contou Ricardo.

O uruguaio está emprestado ao Atlético de Madrid, e tem contrato com o Arsenal até 2023. Liderado por Riquelme, o Boca já sinalizou o desejo de contar com Torreira a partir de junho, mas o alto salário e o tempo de contrato do volante com o clube inglês seguem sendo um empecilho no negócio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários