Camiseta polêmica
Reprodução
Camiseta polêmica

Uma foto captada durante uma entrevista por videochamada de uma televisão com o jogador Vegard Forren causou grande polêmica no futebol norueguês. Especificamente no clube de futebol de Brann, um dos mais importantes do país.

Ao fundo, as câmeras capturaram a mensagem misógina de uma camisa pendurada na parede das instalações do clube, especificamente na sala do treinador de goleiros. "O que é futebol feminino? Não é futebol nem feminino", dizia.

O fato não demorou para repercutir, sendo duramente criticado. “Provavelmente é uma piada inocente, mas não tem graça. Não é engraçado”, disse a jogadora do IL Sandviken, Ingrid Ryland, à TV2.

Ela acrescentou ainda: “Mesmo que fosse para ser engraçado, você não pode pendurar isso nas paredes de um dos maiores clubes da Noruega. Você tem que investigar o que aconteceu. Achei que tínhamos percorrido um longo caminho. Diz um pouco sobre as atitudes que ainda existem. A igualdade de gênero não é levada a sério”.

O CEO da Brann, Vibeke Johannesen, por sua vez, pediu desculpas. “É incrivelmente embaraçoso. Meu rosto nunca ficou tão vermelho como quando vi isso. Eu pensei 'é possível?'".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários